Por que lenda do Barcelona vetou retorno de Arthur após passagem pelo Liverpool

5 minutos de leitura


Depois de uma passagem com apenas 13 minutos em campo pelo Liverpool, Arthur acabou sendo emprestado novamente pela Juventus para a Fiorentina. Mas o destino do campeão da Libertadores com o Grêmio poderia ter sido o Barcelona, se não fosse a intervenção de uma lenda do clube.

O técnico Xavi Hernández queria contratar um meia com boa técnica e último passe, bem como um lateral-direito que pudesse atuar como zagueiro, na última janela. Para o meio de campo, ele pensou em um jogador que conhecesse o clube, como é o caso de Arthur, que esteve no Camp Nou de 2018 a 2020, marcou quatro gols e deu seis assistências em 72 jogos.

Porém, de acordo com Javier Miguel, do podcast “Barça reservat”, da “Catalunya Ràdio”, Xavi quis saber a opinião do vestiário e perguntou a Sergio Busquets sobre Arthur. O então capitão da equipe, então, disse que não via com bons olhos a opção pelo brasileiro, pois o meia teria tido uma vida desordenada durante sua passagem pelo Barcelona e que não seria um bom exemplo para os jovens.

Não foi só Arthur

Arthur não foi o único jogador que não foi para o Barcelona na última janela por conta de recomendação de um jogador do elenco. Para reforçar a zaga e a lateral-direita, Xavi pensou em Benjamin Pavard. O treinador perguntou aos jogadores franceses do vestiário sobre o zagueiro e Ousmane Dembélé o recomendou para que ele não fosse contratado.

O atacante, que hoje joga no Paris Saint-Germain, teria dito que seu companheiro de seleção é um jogador conflituoso e que cria problemas no vestiário. O defensor, então, acabou acertando com a Inter de Milão e o Barça ficou com João Cancelo por empréstimo.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.