Barcelona anuncia mais uma alavanca econômica

Barcelona anuncia mais uma alavanca econômica
Foto/ Reprodução: FC Barcelona

O Barcelona anuncia a venda de 24,5% do Barça Studios. Ou seja, que trabalha com participação em metaverso, NFTs e tokens do clube. A compra foi feita pela empresa SOCIOS.com pelo valor de 100 milhões de euros. Nesta segunda-feira (1), o presidente da equipe, Joan Laporta, informou que, a 3ª alavanca econômica foi ativada.

Barcelona vende futuro para ter presente 

O Barça passou por problemas financeiros nos últimos anos. Além disso, a equipe da Catalunha sofreu com um elenco abaixo na temporada 2021/22. Então, na atual janela de transferências, o time contratou cinco atletas: Raphinha, Franck Kessié, Andreas Christensen, Robert Lewandowski e Jules Koundé.

Com o alto valor nas compras, a equipe decidiu ativar a 3ª alavanca econômica. Nesta segunda-feira (1), Joan Laporta informou a venda de 24,5% do Barça Studios para a empresa SOCIOS.com. Assim, o valor é de 100 milhões de euros.

A equipe da Catalunha visa acelerar a estratégia audiovisual, blockchain, NFT e Web.3 do time. Além disso, segundo o Barcelona, a venda foi efetuada de acordo com a autorização da Assembleia Geral de Sócios do Barça.

Somando as três alavancas o Barcelona conseguiu 630 milhões de euros. Dinheiro fundamental para o presente do clube. Afinal, precisa de um elenco competitivo para disputar os campeonatos.

O planejamento no momento é vender atletas 

Mesmo com os rumores de Marcos Alonso, César Azpilicueta e Bernardo Silva, o Barça busca vender os atletas do elenco atual. Laporta disse que acredita na possibilidade de inscrever os novos jogadores, com as alavancas. Entretanto, nomes que não estão nos planos de Xavi devem sair.

Alguns jogadores não foram para os Estados Unidos: Neto, Umtiti, Riqui Puig, Braithwaite e Mingueza. Todavia, o defensor espanhol acertou a ida para o Celta de Vigo. Então, os outros atletas não devem também permanecer na Catalunha para a temporada 2022/23.

Por fim, a situação de Frenkie de Jong continua a mesma. O holandês quer ficar, mas o salário aumentará consideravelmente nessa atual época. A princípio, o Barcelona pode oferecer uma redução para ajudar na folha salarial ou vender o meio-campista.

Foto/ Reprodução: FC Barcelona