Balbuena convence na Premier League e se torna o “General” dos Hammers

Zagueiro paraguaio se consolida como titular do West Ham e vira homem de confiança de Pellegrini

Balbuena convence na Premier League e se torna o “General” dos Hammers

A carreira de Fábian Balbuena sempre teve duas palavras que foram constantes em cada um dos clubes que o zagueiro defendeu: desconfiança, a primeira, e depois afirmação. Foi assim nos paraguaios Nacional e Libertad, e também no Corinthians. O bom desempenho no clube brasileiro, onde conquistou dois campeonatos paulistas e um brasileiro, fez com que o West Ham contratasse Balbuena para atuar na Premier League.

Balbuena marcou um gol na Premier League 2018/2019 (Foto: WHUFC)

Nos Hammers, a história não foi diferente. Começou com desconfiança, uma vez que um defensor paraguaio, já com 27 anos chegar para atuar na melhor liga nacional de clubes do mundo não é algo comum.

Porém, Baluena não se intimidou, e logo mostrou que conta com atributos físicos, técnicos e táticos para entregar em campo tudo aquilo que o técnico Manuel Pellegrini espera de um zagueiro.

A Premier League 2018/2019 do West Ham não foi das mais animadoras, mas foi segura, com uma pequena evolução se compararmos com a temporada passada. Se em 2017/2018 o time ficou em 13º, nessa subiu três colocações, terminando em 10º.

O início na Premier League

Balbuena logo se adaptou ao futebol inglês (Foto: premierleague.com)

Com contrato até junho de 2021, Fábian Balbuena jogou 23 partidas, todas elas como titular, com a camisa 4 do West Ham.

Apesar de vir de um campeonato com características de jogo diferentes as do futebol inglês, o zagueiro logo se adaptou à Premier League, apesar de reconhecer algumas dificuldades.

“A intensidade é a maior diferença, além de todos os times terem jogadores de qualidade no elenco. Isso faz com que o jogo seja mais dinâmico, intenso. Pessoalmente, isso me custou um pouco nos primeiros jogos, mas o pessoal me ajudou e já estou adaptado. Me sinto muito bem”, disse o zagueiro em entrevista no mês de outubro do ano passado.

A confiança do chefe

Ele está acostumada a jogar do jeito que eu quero, disse Pellegrini sobre Balbuena (Foto: WHUFC)

A contratação de Balbuena junto ao Corinthians foi um pedido de Manuel Pellegrini para a diretoria do West Ham. Assim, o técnico sempre mostrou confiança no futebol do zagueiro.

“Ele veio da América do Sul, mas jogou em um dos maiores times do Brasil, então ele está acostumado a jogar do jeito que eu quero, com nossa linha defensiva alta. ele não terá problema com isso, pois é um defensor com boa velocidade”, afirmou Pellegrini em entrevista no mês de dezembro de 2018.

Destaque no The Guardian

Balbuena custou 3,5 milhões de libras para o West Ham. Uma “barganha” segundo o The Guardian (Foto: WHUFC)

Tudo corria bem para o zagueiro . Apesar do time oscilar na competição, ele estava cada vez mais adaptado a Premier League. O importante jornal The Guardian já o tratava como destaque na competição.

“Balbuena está se provando uma das barganhas desse verão, depois de custar 3,5 milhões de libras para o West Ham tirá-lo do Corinthians. Ele é o quarto jogador na liga em interceptações e o terceiro em cortes”, apontou o jornal, que acrescentou.

“Apesar de o West Ham ter uma das piores defesas da Premier League (naquele momento) até aqui, Balbuena e o jovem francês Diop mostram formar uma base sólida pensando no futuro”, completou em matéria publicada no fim de novembro de 2018.

Lesão no joelho

Uma lesão no joelho fez com que zagueiro ficasse fora do time por quase três meses (Foto: Henry Browne/Getty Images)

Titular absoluto logo em sua primeira temporada de Premier League, tudo seguia muito bem para Balbuena. Porém, uma lesão no joelho esquerdo em partida contra o Watford no início de dezembro fez com que o defensor tivesse que ser submetido a uma artroscopia e parasse por quase três meses.

Em sem retorno, no fim de fevereiro, Balbuena retomou a titularidade na zaga do West Ham.

Os números na temporada

Titular em 23 jogos, Balbuena teve bons números na Premier League (Foto: WHUFC)

Nos 23 jogos que atuou no campeonato, Fábian Balbuena teve bons números defensivos, além de ter marcado um gol, que atestam a afirmação do zagueiro no futebol inglês e foram refletidas diretamente no desempenho do West Ham na competição, que na Premier League 2017/2018 sofreu 68 gols, contra 55 dessa temporada.

Confira os números do “General dos Hammers”:

Interceptações por jogo 2.3

Desarmes ganhos por jogo 0.9 (50%)

Cortes por jogo 7.5

Duelos ganhos 5.0 (52%)

Acerto de passes 79%)