Revoltado! Titular ameaça greve no Fulham após veto à oferta para triplicar o salário na Arábia Saudita

4 minutos de leitura

Depois de fechar a renovação de Willian após semanas de negociação, o Fulham deve ter que lidar com outra novela no mercado da bola — que pode levar até à greve de um dos seus principais jogadores.

O motivo da confusão é a recusa do clube londrino em vender o artilheiro Aleksandar Mitrovic para o Al Hilal, da Arábia Saudita.

Financiado pelo Ministério dos Esportes do país, o terceiro colocado da última edição do campeonato fez uma proposta para Mitrovic ganhar 120 mil libras por semana no Oriente Médio, o triplo do que ele recebe em Londres. O sérvio ficou seduzido pela proposta do Al Hilal, que já tirou três grandes nomes da elite do futebol europeu, dois deles na Premier League: Koulibaly (ex-Chelsea), Ruben Neves (Wolves) e Milinkovic-Savic (Lazio).

Fulham despertou a fúria de Mitrovic

Mas o dinheiro não convenceu o Fulham. Os sauditas teriam feito duas propostas para contratar Mitrovic, a última por 34 milhões de libras, e ambas foram recusadas. Os Cottagers entendem que o centroavante, artilheiro da temporada passada com 15 gols, vale pelo menos 52 milhões de libras.

A recusa deixou o atacante “furioso”, segundo repercutiu a imprensa inglesa. A “Sky Sports” noticiou que Mitrovic teria dito a seus familiares que “nunca mais jogaria de novo pelo Fulham”. Ele tem contrato até 2026 e está em Craven Cottage desde 2018, quando custou 25 milhões de libras. Ele fez 111 gols em 205 jogos.

A situação foi parcialmente contornada nesta quarta-feira (19), quando uma conversa entre o jogador, seu agente Pini Zahavi e o treinador Marco Silva convenceu o atacante a se juntar ao elenco que viajará para uma pré-temporada nos Estados Unidos.

No entanto, sua permanência está longe de ser garantida. Zahavi teria dito ao clube para abaixar o pedido para “algo em torno de 35 e 45 milhões de libras” para facilitar a saída e encerrar o atrito.

O Al Hilal está no mercado atrás de um centroavante e vê Mitrovic como um plano B a Romelu Lukaku, que recusou a oferta do projeto. O elenco do time saudita que foi vice-campeão mundial (batendo o Flamengo na semi) tem como destaques Marega, Carrillo, Al Dawsari e Michael.

Essa tampouco é a primeira vez que o mesmo time foi atrás de um reforço no Craven Cottage. Durante o mês de junho, o Al Hilal tentou contratar Marco Silva para comandar o clube, mas o português rechaçou a negociação. O time saudita acabou acertando com o técnico Jorge Jesus para o cargo.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista nascido em Campinas, morador de São Paulo e formado pela ECA-USP. Subcoordenador da PL Brasil desde 2023. Cobri Copa América, Copa do Mundo e Olimpíadas no EL PAÍS, eleições nacionais na Revista Veja e fui editor de conteúdo nas redes sociais do Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]