Astros são realmente titulares absolutos no mundo do futebol?

Astros são realmente titulares absolutos no mundo do futebol?
Foto: Divulgação/ AFP

Atualmente, Messi e Cristiano Ronaldo estão sendo alvos de um assunto diferente. Em resumo, após Lionel chegar ao PSG e Ronaldo voltar ao Manchester United, ambos os atletas ficaram algumas partidas no banco de reservas ou saíram no decorrer dos confrontos. Mas a pergunta que fica é. Astros são realmente titulares absolutos no mundo do futebol? Ou podem ficar entre os suplentes? Dessa forma, confira a coluna Conceito Premier sobre esse assunto.

Messi e Ronaldo no banco

No início da temporada 2021/22, Cristiano Ronaldo voltou ao Manchester United. Por outro lado, Lionel Messi terminou um bela história no Barcelona e assinou com o PSG. Todavia, um dos assuntos mais comentados nas redes sociais é a forma que Mauricio Pochettino e Ole Gunnar Solskjær estão utilizando seus astros.

No PSG, o técnico argentino deixou Messi no banco de reservas, mas, quando foi estrear com a nova camisa, o comandante tirou Neymar e colocou o camisa 30. A situação nos Red Devils foi um pouco diferente.

No jogo diante do Young Boys, válido pela 1ª rodada da UEFA Champions League, Ole Gunnar trocou Ronaldo por Lingard. Entretanto, no fim da partida, a equipe da Suíça virou e venceu por 2 x 1. Já na 2ª rodada, o técnico manteve o português até o final no confronto diante do Villarreal. Dessa forma, o camisa 7, no apagar das luzes, marcou o gol e decretou a vitória do Manchester United.

Por fim, contra o Everton, Solskjær colocou Ronaldo entre os suplentes. A equipe, que tinha chances de assumir a liderança da Premier League, empatou no estádio de Old Trafford em 1 x 1. Assim, a questão sobre os astros estarem no banco de reservas surgiu.

Os astros já ficaram no banco

Antes de mais nada, grandes lendas do futebol já ficaram no banco de reservas. Alguns por lesões, outros por opção do treinador. Um exemplo aconteceu com Kaká no Real Madrid. O brasileiro, que tinha ganhado a Bola de Ouro em 2007, se transferiu para a Espanha na temporada 2009/10.

Entretanto, o meio-campista sofreu com lesões e não ganhou muito espaço no Real Madrid. Além disso, por opção técnica, o brasileiro ficou entre os reservas em jogos importantes. Na época 2011/12, em uma semifinal da Copa do Rey, diante do Barcelona, Kaká permaneceu no banco de reservas durante todo o confronto.

Outros grandes jogadores já ficaram no banco de reservas em suas respectivas equipes. A situação do atleta depende muito da atual fase que vive. Voltando de lesão, poupado para um jogo importante ou por opção do treinador.

Um time funciona como coletivo. Entretanto, tendo Messi ou Ronaldo à disposição, o mais simples de se fazer é colocar os astros em campo. Afinal, em uma bola, ambos podem acabar decidindo uma final, um jogo de Copa, ou em uma rodada de Campeonato Nacional.

Poupar no momento certo

Diante do Everton, Ronaldo esteve no banco para descansar. Afinal, o português tem 36 anos de idade. Todavia, o Manchester United perdeu uma grande oportunidade em ficar como líder do Campeonato Inglês. A última vez que os Red Devils venceram a Premier League foi na temporada 2012/13.

Poupar em um jogo de copa é tradicional na Europa. Lionel não foi relacionados para alguns jogos da Copa do Rey quando vestia a camisa do Barcelona. Entretanto, o técnico precisa encontrar o momento certo para poder deixar os seus astros no banco.

Dessa forma, com os melhores jogadores em campo, a equipe possui mais chances de conquistar a vitória, o titulo ou até mesmo virar um jogo que parecia impossível. Tendo Lionel Messi e Cristiano Ronaldo à disposição, o treinador deve coloca-los  em campo. Afinal, muitos clubes possuem bons jogadores. Contudo, poucas equipes possuem lendas no elenco.