318 milhões! Aston Villa supera concorrência da Arábia Saudita e anuncia maior contratação da sua história

4 minutos de leitura

A atual janela de transferências europeia tem sido marcada pela ida de jogadores para a Arábia Saudita. Um dos poucos que conseguiu superar a concorrência dos bilionários do Oriente Médio, até o momento, foi o Aston Villa.

O clubes anunciou neste sábado (22) a contratação do atacante francês Moussa Diaby, de 24 anos, que pertencia ao Bayer Leverkusen. O valor do negócio seria de 50 milhões de euros com mais 10 milhões em variáveis, segundo o jornalista italiano Fabrizio Romano.

Com esse valor, o Villa venceu a concorrência do Al Nassr, cuja última proposta divulgada foi de 43 milhões de euros pelo francês. O clube de Cristiano Ronaldo e Luís Castro gostaria de ter levado o atacante para se juntar ao elenco que também tem Talisca, Brozovic e Seko Fofana.

Diaby também chegou a ser um alvo de ArsenalManchester United e Newcastle nas últimas semanas.

O jogador chamou a atenção na última temporada como um ponta canhoto e rápido com boa finalização. Ele marcou 14 gols e deu 11 assistências em 48 jogos pelo Bayer, onde é treinado pelo ex-craque espanhol Xabi Alonso. O atacante chegou ao clube em 2019 por 15 milhões de euros e, desde então, participou diretamente de pelo menos 16 gols por temporada.

Moussa Diaby na Bundesliga 2022/23

  • 33 jogos
  • 9 gols e 9 assistências – 1º do time
  • 1,2 chutes certos por jogo – 1º do time
  • 58 chances criadas – 1º do time

No último ano, ele ainda fez parte da campanha que chegou à semifinal da Europa League — foi eliminado pela vice, Roma — e terminou a Bundesliga em sexto lugar, o que rendeu uma vaga na próxima Liga Europa.

Moussa Diaby foi revelado pelo PSG, mas nunca teve muito espaço na estrelada equipe francesa. A única temporada na qual jogou, em 2018/19, já tinha Neymar e Mbappé como referências do ataque.

Maior contratação da história do Aston Villa

O valor desembolsado pelo francês marca a maior transferência da história do Aston Villa. O recorde até então era de Emiliano Buendia, que custou 38 milhões de euros em 2021.

Diaby ainda é mais um acréscimo interessante na janela do time de Unai Emery. Os Clarets também acertaram as chegadas de Pau Torres, por 33 milhões de euros, e Tielemans, que chegou de graça. O time disputará a Europa League na próxima temporada após ter vencido a Conference League.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista nascido em Campinas, morador de São Paulo e formado pela ECA-USP. Subcoordenador da PL Brasil desde 2023. Cobri Copa América, Copa do Mundo e Olimpíadas no EL PAÍS, eleições nacionais na Revista Veja e fui editor de conteúdo nas redes sociais do Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]