É seleção? Artilheiro, Douglas Luiz tem atuação épica e Aston Villa goleia West Ham de Paquetá

6 minutos de leitura

O Aston Villa venceu o West Ham pro 4 a 1 pela nona rodada da Premier League, no Villa Park. Na única partida do Campeonato Inglês disputada neste domingo (22), Douglas Luiz (2), Ollie Watkins e Leon Bailey fizeram os gols para o time da casa e Jarrod Bowen descontou para os visitantes.

É a 11ª vitória seguida dos Villans em casa na Premier League, considerando a última temporada. O time voltou a vencer os Hammers também após dez jogos no histórico entre as equipes.

Aston Villa imparável

Os 10 minutos iniciais foram equilibrados entre as duas equipes, mas a partir daí, o Aston Villa passou apertar o West Ham no seu campo de defesa. Os Hammers só conseguiram chegar à área nos poucos momentos em que os Villans perderam a bola. O time da casa teve as maiores oportunidades com Douglas Luiz, aos 11 minutos, e com Ollie Watkins, aos 16.

Com 30 minutos, o Aston Villa conseguiu transformar a posse de bola superior em gols. Após uma troca de passes entre Watkins e Zaniolo no fundo campo, a bola chegou em Douglas Luiz, livre na entrada da área, que chutou forte para o fundo das redes.

Na volta do intervalo, o Aston Villa já começou buscando decidir a partida. Com cinco minutos de jogo, Edson Álvarez cometeu uma falta dentro da área contra Ezri Konza. Douglas Luiz foi para a cobrança e acertou o meio do gol para ampliar o placar.

West Ham acha gol e esquenta partida

A partida parecia se encaminhar para um domínio ainda maior do time da casa, até que o West Ham “encontrou” um gol cinco minutos depois do pênalti. Jarrod Bowen finalizou cruzado e rasteiro, a bola sofreu um desvio no meio do caminho e Emiliano Martínez não caiu a tempo de defender o primeiro gol dos Hammers.

O gol incendiou a partida e “acordou” os visitantes, que passaram a ser superiores na posse de bola e pisar mais na área, ao contrário do que vinha acontecendo em todo o jogo. No entanto, eles não conseguiram aproveitar as oportunidades.

Aston Villa marca e volta para o jogo

Depois de passar muitos minutos pressionado e acuado na defesa, o Aston Villa enfim conseguiu respirar. McGinn conseguiu recuperar a bola no meio do campo e fez um belo lançamento para Watkins, que avançou para o fundo campo pela esquerda e chutou cruzado para o fundo das redes.

O gol devolveu um pouco de equilíbrio à partida e acalmou os ânimos do Villa, que sentiu bastante o gol adversário. Mas o dia era do time do Villa Park, que transformou o jogo em goleada com um belo gol de Leon Bailer no minuto 44.

Como foram os brasileiros em Aston Villa x West Ham

Douglas Luiz – 8,5

O brasileiro do Aston Villa fez um primeiro tempo impecável. Finalizou, armou jogadas, fez cruzamentos, ajudou na defesa e marcou dois gols. Ainda quase abriu o placar no início do jogo com o que seria um golaço se não tivesse sido defendido por Aréola. Na segunda etapa, contribuiu mais no setor defensivo, mas atuou igualmente bem. Segundo o “Sofascore”, fez 86% dos passes certos, sendo três deles decisivos e completou cinco de seis bolas longas.

Lucas Paquetá – 5,5

O camisa 10 do West Ham começou mostrando habilidade e criatividade para iniciar jogadas e criar no campo de ataque. Na segunda etapa, apesar de ter aumentado seu ritmo – assim como todo o time – e ter sido mais ativo na articulação de jogadas, o pênalti do Aston Villa nasceu a partir de um erro cometido por ele. Foram 76% de passes certos, sete duelos vencidos de 13 e três dribles totais.

Emerson Palmieri – 6,0

Assim como na partida contra o Newcastle, o ítalo-brasileiro Palmieri atuou mais como ala, contribuindo com a ligação entre o meio e o ataque especialmente no segundo tempo. Ao longo do jogo, foram 88% de passes corretos.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.