Arteta reclama de arbitragem após derrota do Arsenal

4 minutos de leitura

O Porto venceu o Arsenal nesta quarta-feira (21) no primeiro confronto das oitavas de final da Champions League. O desempenho dos portugueses foi elogiado por Mikel Arteta. No entanto, o treinador criticou a postura da arbitragem.

A partida foi realizada no Estádio do Dragão, em Porto e terminou em 1 a 0 para os donos da casa. Galeno foi o autor do gol no confronto, sendo marcado nos acréscimos. Agora, a equipe tem a vantagem no duelo e precisa de um empate no dia 12 de março para avançar para as quartas de final. Por outro lado, os Gunners precisam vencer por dois gols de diferença para garantirem a vaga na próxima fase.

Arbitragem é criticada por Arteta após derrota do Arsenal

A partida entre Porto e Arsenal contou com baixo desempenho dos ataques, principalmente dos ingleses. Os Gunners arriscaram sete finalizações, mas nenhum em direção ao gol, enquanto os Dragões conseguiram dois chutes e converteram um.

Arteta concedeu entrevista coletiva depois da partida e elogiou o desempenho defensivo do Porto. No entanto, criticou o trabalho da arbitragem, principalmente pelo elevado número de faltas marcadas.

Crédito para eles (Porto). Eles defenderam bem. Quando chegamos em certas áreas não terminamos. Toda vez que tocávamos em alguém, era uma falta. Mas vamos aprender e fazer melhor.

O Arsenal encerrou a partida com 22 faltas cometidas e três cartões amarelos recebidos. Já o Porto cometeu 14 faltas e dois jogadores foram advertidos com cartões.

Ainda na coletiva, Arteta afirma estar decepcionado com a derrotas. Mas o treinador demonstrou otimismo ao acrescentar que a decisão está aberta e o time pode reverter o resultado negativo.

Se você não pode vencer, não perca. Dominamos o jogo, mas faltou propósito para gerar muito mais ameaça na defesa deles. Aprenderemos com isso. Está na metade do tempo. Se você quer estar nas quartas de final você tem que vencer o seu oponente.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.