Sem Arteta e Klopp, Premier League perde relevância?

5 minutos de leitura

O final de janeiro reservou algumas surpresas no mundo do futebol. Primeiro, Jürgen Klopp anunciou sua saída do Liverpool ao final da temporada. O mesmo foi feito por Xavi Hernández no Barcelona.

Agora, o jornal espanhol “Sport” publicou que Mikel Arteta também vai deixar o Arsenal ao fim de 2023/24 – notícia contestada pela “SkySports”, a qual afirma que o treinador não planeja deixar os Gunners.

Sem dois dos seus principais treinadores, a Premier League perde relevância?

Campeão da Champions League, Mundial, Premier League, Copa da Liga Inglesa, Copa da Inglaterra e Supercopa da Inglaterra, Klopp é um dos maiores técnicos da história do Liverpool e nesta temporada o treinador colocou os Reds de volta à disputa pelo título inglês e na final da Carabao Cup.

Ainda assim, o alemão decidiu que não ficará em Anfield e afirmou que não tem planos de voltar a trabalhar como treinador ao fim da temporada devido ao cansaço.

Pelo lado do Arsenal, Mikel Arteta emergiu como um dos principais treinadores da Premier League logo no primeiro clube em que treinou.

Na primeira temporada à frente do Arsenal, o espanhol conquistou a Copa da Liga Inglesa e já acumula duas taças da Supercopa da Inglaterra.

Mas seu principal feito foi em 2022/23, em que colocou os Gunners na ponta da tabela do Campeonato Inglês durante praticamente toda a temporada, mas acabou cedendo o título para o Manchester City nas rodadas finais.

Uma debandada dos principais concorrentes pode motivar uma possível saída de Pep Guardiola, que ao longo de quase oito anos à frente do Manchester City, conquistou tudo o que tinha para conquistar, incluindo cinco títulos de Premier League, quatro de Copa da Liga Inglesa, dois de Copa da Inglaterra, dois de Supercopa da Inglaterra, Champions League, Supercopa da Uefa e Mundial de Clubes.

Guardiola tem contrato com o Manchester City até junho de 2025 e, segundo o jornal “The Guardian”, da Inglaterra, o catalão não estenderá o vínculo.

Sucessores de Klopp, Guardiola e Arteta na Premier League

Xabi Alonso Unai Emery De Zerbi Premier League
Da esquerda para a direita: Xabi Alonso (Bayer Leverkusen), Unai Emery (Aston Villa) e Roberto De Zerbi (Brighton)

À medida que os treinadores badalados sinalizam deixar a Premier League, surgem novos nomes que são cotados para assumir o protagonismo na liga. Roberto De Zerbi é um deles.

O técnico italiano somou bom futebol a boas transações e mudou o Brighton de patamar.

Certeiro no mercado, os Seagulls levaram jogadores da América do Sul para brilhar no principal campeonato do mundo a ponto de vendê-los por preços exorbitantes.

Valor investidoValor recebido
Leandro Trossard (Arsenal)€ 15,5 milhões€ 24 milhões
Alexis Mac-Allister (Liverpool)€ 12,5 milhões€ 70 milhões
Moises Caicedo (Chelsea)€ 5 milhões€ 133 milhões

Além disso, De Zerbi levou o Brighton à Europa League, ao encerrar a Premier League de 2022/23 na sexta posição.

Tudo isso com um futebol envolvente, com posse de bola e jogo coletivo de excelência, o que inclusive creditou o comandante a ser o provável sucessor de Guardiola no Manchester City.

Outro nome que vem ganhando cada vez mais espaço na Premier League é o de Unai Emery.

O técnico espanhol teve uma passagem discreta à frente do Arsenal, mas depois levou o Villareal ao título da Europa League em 2020/21, ao vencer o Manchester United na final.

Em 2022, o treinador voltou à Inglaterra para assumir o Aston Villa e desde então tem conseguido resultados brilhantes.

Unai Emery levou o Aston Villa à Conference League ao terminar a Premier League de 2022/23 na sétima posição e atualmente está na briga pelo título inglês, na quarta colocação, com 43 pontos, mesma pontuação de Manchester City e Arsenal que estão à sua frente, e a cinco do líder Liverpool.

Numa possível saída de Arteta, não seria nada mal para os Gunners ter o professor de volta.

O terceiro nome vem de fora da Premier League. Trata-se de Xabi Alonso, lenda do Liverpool, que vem se destacando no Campeonato Alemão.

Após suas passagens pelos times sub-14 e B do Bayer Leverkusen, o espanhol assumiu a equipe principal e vem tendo resultados impressionantes — líder da Bundesliga com dois pontos a mais que o vice Bayern de Munique, classificado para as oitavas de final da Europa League e garantido nas quartas de final da Copa da Alemanha.

Xabi Alonso é o principal nome apontado pela mídia europeia para assumir o cargo de Klopp no Liverpool, não apenas pelo bom trabalho no Bayer Leverkusen, mas também pela identificação com o clube — venceu a Champions League de 2004/05, a Supercopa da Uefa de 2005, a Copa da Inglaterra de 2005/06 e a Supercopa da Inglaterra de 2006.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.