Arsenal x Villarreal: confira o pré-jogo da semifinal da Europa League

Duelo promete com reencontro de Unai Emery, ex-técnico dos Gunners

0
611
arsenal x villarreal
Mandatory Credit: Holly Allison/TPI/Shutterstock

Nesta quinta-feira, o Arsenal irá para o campo contra o Villarreal no jogo de ida das semifinais da Europa League. Os dois jogos do confronto estão sendo considerados os mais importantes do restante da temporada dos Gunners. O duelo também marcará o reencontro do time londrino com seu ex-técnico, Unai Emery

A campanha do Villarreal 

O Submarino Amarelo chega para a semifinal com bastante pompa. Classificado para a competição a partir da La Liga 2019/2020, os comandados de Emery conseguiram cinco vitórias e um empate na fase de grupos. Na primeira colocação com 16 pontos, o Villarreal pegou o Salzburg na fase seguinte. 

Nesses seis duelos que se seguiram até a semifinal, a equipe espanhola emplacou seis vitórias. Foram 11 gols marcados e apenas dois concedidos, números esses que mostram uma defesa consistente ao longo da temporada. Na atual La Liga, o Villarreal conta com a 7ª melhor defesa da competição e o 5º melhor ataque. 

Falando em ataque, não se pode deixar de comentar sobre Gerard Moreno. O atacante de 29 anos é o 3º colocado na artilharia da La Liga com 20 gols marcados. Já na Europa League, Moreno balançou as redes em seis oportunidades (mesmo número de seu companheiro Paco Alcácer). 

Leia mais: Emile Smith Rowe: o garoto que ajudou a mudar a cara do Arsenal

A caminhada do Arsenal 

O Arsenal, diferente do Villarreal, não está mais invicto na Europa League. Sua classificação na fase de grupos foi mais fácil do que a dos rivais, conquistando 100% dos pontos. No entanto, o mata-mata se mostrou desafiador. Contra o Benfica, a vaga nas quartas só veio aos 87 minutos do confronto de volta. E duelando contra o Olympiacos o time teve a primeira derrota, em Londres. 

A equipe chega com números melhores no setor ofensivo. São 30 gols feitos nos 12 jogos até aqui. Há também uma falta de dependência de certos marcadores, afinal 15 atletas balançaram as redes pelos Gunners (contra 12 do Villarreal). Porém, o que tem sido virtude para a equipe de Emery é o ponto fraco dos comandados de Mikel Arteta. A defesa sofreu seis gols durante o mata-mata, média de um por jogo.

Como destaque na competição, Nicolas Pépé é o nome dos gols. Ele balançou as redes em cinco oportunidades e distribuiu quatro assistências. O marfinense tem feito chover sobre os adversários, sendo uma peça importante em momentos de velocidade. Bukayo Saka, Alexandre Lacazette e Martin Ødegaard são outros atletas que vivem em ótima fase no cenário europeu. 

O que esperar do Arsenal e Villarreal? 

Da parte do Villarreal, Moreno deve ser peça chave para o balançar das redes. O atleta tem condições de ser titular e será a referência para infernizar a caótica zaga do Arsenal. Samuel Chukwueze e Juan Foyth também devem dar trabalho pelo lado direito. Ambos podem forçar um setor deficiente dos Gunners, a esquerda da defesa, que não tem reposição à altura do lesionado Kieran Tierney

Além dos atletas em campo, Unai Emery também pode ser um percalço para o time londrino. O ex-treinador do Arsenal conhece boa parte do elenco disponível e sabe das falhas que ele possui. Dani Ceballos constantemente falha se pressionado. Granit Xhaka não tem uma marcação 1×1 como ponto forte. A zaga é bastante utilizada para saída de bola, mas com a pressão certa pode ceder.  

Pelo ponto de vista do retrospecto recente, a situação parece bastante favorável para o Submarino Amarelo. Algo bem diferente do encontrado na temporada 2005/2006, quando os times se enfrentaram pela semifinal da Champions League. Na época, o Arsenal tinha seu maior ídolo Thierry Henry e o Villarreal contava com nomes como Diego Forlán, Marcos Senna e Riquelme

Leia mais: 5 jogos marcantes do Arsenal na Champions League

Apesar de os tempos serem outros, o Arsenal ainda conta com o favoritismo. O time carrega uma camisa mais pesada no cenário europeu e seu histórico recente em competições desse nível é relevante. Foram três semifinais europeias nos últimos quatro anos. Essa também será a 10ª semifinal do Arsenal fora dos domínios domésticos, tendo o time passado em sete das nove oportunidades anteriores. 

A boa fase de atletas como Saka e Emile Smith Rowe também dão boas chances para os Gunners. Os jovens querem mostrar serviço, não só porque precisam se estabelecer no time e ganhar títulos. Esses ingleses também podem cavar uma vaga na seleção que irá para a Eurocopa de 2021, com Saka tendo grandes chances de convocação mesmo em um setor bem disputado. 

A primeira partida da semifinal acontece no próximo dia 29 de abril, às 16h do horário de Brasília. Já o segundo duelo, que será em Londres, será no dia 6 de maio no mesmo horário.

Leia mais: Robert Pirès: uma lenda do Arsenal invencível

Não há posts para exibir