Domínio brasileiro! ‘Gabriéis’ decidem e Arsenal atropela o Crystal Palace em goleada impiedosa

5 minutos de leitura

Com brilho de Gabriel Magalhães e Gabriel Martinelli, o Arsenal quebrou a má fase e derrotou o Crystal Palace por 5 a 0, na manhã deste sábado (20), no Emirates Stadium. Foi a primeira vitória dos Gunners depois de três rodadas na Premier League. A equipe voltou a encostar nos líderes e tem 43 pontos, dois a menos que o Liverpool, primeiro colocado que ainda joga na rodada.

Gabriel Magalhães “roubou a cena” e cumpriu papel de centroavante na partida. Ele marcou o primeiro gol do jogo, de cabeça, e ainda participou do segundo gol, marcado contra pelo goleiro Dean Henderson. O Arsenal ampliou a vantagem com Leandro Trossard, no segundo tempo, após belo passe de Gabriel Jesus. O placar foi fechado com Gabriel Martinelli, duas vezes, no final do segundo temporada.

Os Gunners não entravam em campo desde o dia 7 de janeiro. No período sem jogos, Arteta e seus comandados fizeram um período de treinos em Dubai. Ao que parece, a intertemporada deu resultados, já que o time foi amplamente superior ao Crystal Palace na partida e conseguiu transformar o volume de jogo em vantagem no placar.

Gabriel Magalhães é o nome da vitória do Arsenal

O zagueiro brasileiro virou uma tarde iluminada. Gabriel Magalhães levou muito perigo ao gol adversário através das jogadas aéreas, ponto forte do time treinado por Mikel Arteta. Logo aos 11 minutos de jogo, o zagueiro se mandou para o ataque e mostrou sua força. Ele balançou as redes de cabeça, após escanteio cobrado por Rice.

Aos 37, novamente Gabriel Magalhães surgiu como referência ofensiva do Arsenal, em outro escanteio. O defensor cabeceou em direção ao gol, mas antes entrar, a bola desviou no goleiro Dean Henderson. A arbitragem considerou gol contra do inglês.

Perigoso na frente, firme atrás. O brasileiro não se esqueceu de suas funções defensivas e também ajudou os Gunners a não sofrer gols. O ponto negativo do dia foi sua saída forçada por dores na perna, aos 35 minutos do segundo tempo. Uma belíssima atuação digna de nota 7,5.

Gabriel Jesus é garçom, mas segue na seca; Martinelli é barrado e dá resposta com gol no fim

Gabriel Jesus teve mais uma atuação rotineira na atual temporada. Muita entrega, disposição, ímpeto e esforço… mas nada de gol. O atacante brasileiro completou o quarto jogo seguido sem balançar as redes e tem apenas três tentos na Premier League.

Por outro lado, deu ótima assistência para Leandro Trossard marcar o terceiro gol do Arsenal. Jesus arrancou em contra-ataque pela direita e deu passe na medida para o belga. Nota 6,5.

Martinelli é o brasileiro que vive pior momento no Arsenal. O camisa 11 acabou barrado por Arteta e começou no banco de reservas, justamente em detrimento de Trossard. Sua entrada no segundo tempo não empolgou muito inicialmente, mas o atacante é iluminado.

Já nos acréscimos do segundo tempo, Martinelli recebeu bola em profundidade e teve muita frieza para marcar o quarto gol vermelho com um tapa rasteira. Um minuto depois, o lance se repetiu de forma praticamente idêntica. Jorginho deu ótimo passe ao ponta, que saiu na cara do gol.

Com nova dose de frieza, Martinelli marcou seu segundo gol e garantiu a goleada do Arsenal. Um brilho à parte que o faz merecer a nota 7,5.

Matheus França recebe nova oportunidade e segue tímido

Outro brasileiro que entrou em campo no Emirates Stadium foi Matheus França. O ex-Flamengo novamente foi oportunizado por Roy Hogdson no segundo tempo e completou seu quinto jogo na Premier League. Contudo, se viu muito prejudicado pelo contexto da partida e participou pouco da partida.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.