Armênia x Escócia – Melhores momentos e resultado

Armênia x Escócia – Melhores momentos e resultado
Foto: reprodução/ Twitter Escócia

Primeiramente, na tarde desta terça-feira (14), Armênia x Escócia se enfrentaram pela 4ª rodada da Nations League. Assim sendo, na Armênia, os visitantes venceram por 4 x 1, e com uma vitória importante e expressiva, e com isso assumem a vice liderança do grupo.

Armênia x Escócia – Os melhores momentos

1º tempo: Início equilibrado

Antes de mais nada, o jogo começou bem truncado e equilibrado. Isso porque ambas equipes  tiveram chance clara de marcar.

Todavia, os donos da casa abriram o placar aos 6′ com atacante Bichakhchyan, após receber um belo passe dentro da área, empurrou para as redes.

Entretanto, os visitantes empataram aos 14′ com meio campista Armstrong, que aproveitou sobra dentro da área e chutou no canto do goleiro.

Ademais, a Armênia sofreu com a expulsão do seu lateral esquerdo Arman, que prejudicou a equipe no decorrer da partida.

Ainda, a seleção escocesa virou a partida nos acréscimos, novamente com meio campista Armstrong, que fez um bela jogada individual e chutou rasteiro e no canto, sem chance de defesa.

2º tempo: Gols e vitória da Escócia

Assim, a segunda etapa começou igual, tendo o mesmo equilíbrio da primeira etapa, com cada equipe construindo chances de marcar, mas pecando na última bola ou parando nos goleiros.

Contudo, os visitantes marcaram seu terceiro gol aos 5′, com meio campista McGynn, após receber passe dentro da área, dominou e chutou no canto do goleiro.

Ademais, a seleção escocesa ampliou aos 8′ com atacante Adams, após receber belo lançamento, entrou na área e chutou no canto oposto do goleiro.

Por fim, os donos da casa ainda tiveram outra expulsão, nos acréscimos, desta vez, foi o meio campista Kamo que recebeu cartão vermelho direto.

Armênia x Escócia  – O que acontece agora?

Por fim, na próxima rodada que acontece em setembro, a Escócia recebe a Irlanda às 15h45 (horário de Brasília). Nesse sentido, no mesmo dia, Armênia recebe a Ucrânia, às 10h (horário de Brasília).