Após o Ballon D’or, PSG tem o melhor jogador do mundo e melhor goleiro

Após o Ballon D’or, PSG tem o melhor jogador do mundo e melhor goleiro
Foto: Divulgação/ Franck Fife - AFP

Nesta terça-feira (29), o teatro de Paris, recebeu a cerimonia do Ballon D'or que anunciou os melhores atletas do ano. Sendo assim, o PSG acabou sendo um dos clubes que mais teve jogadores indicados aos prêmios. Por fim, as maiores condecorações do clube saiu da categoria de melhor goleiro e o de melhor jogador do mundo.

Ballon D'or Feminino

Mesmo não conseguindo ser a grande vencedora, a equipe do PSG Feminino teve um nome no top-10 de melhores do mundo. Trata-se da canadense, Ashley Lawrence meia dos Les rouges et bleus que ficou na 8ª colocação do premio master.

Troféu Kopa –  Melhor jogador sub-21

Consequentemente, seguindo as jovens promessas, o PSG que trouxe emprestado o atleta Nuno Mendes no ínicio da temporada, vindo do Sporting. Com, grandes atuações em Portugal e na França, o desportivo parisiense acabou na 4ª colocação, ficando atrás apenas para: Musiala (Bayern de Munich), Bellingham (Borussia Dortmund) e Pedri (Barcelona).

Troféu Lev Yashin – Melhor Goleiro do Mundo

Consequentemente, após ser coroado o melhor goleiro da Eurocopa 2020 é claro que Donnarumma seria um forte candidato.

O jovem italiano disputou o top-5 contra: Ederson (Manchester City), Mendy (Chelsea), Oblak (Atlético de Madrid) e Neuer (Bayern de Munich) e saiu-se como o grande vencedor somando a temporada com o Milan, PSG e a Seleção Italiana. Vale destacar, que Navas também do PSG acabou na 8ª posição.

Ballon D'or Masculino

Por fim, o PSG teve três nomes entre o top-10 de melhores jogadores, sendo eles: Donnarumma (10º) e Mbappé (9º). Como resultado, após um ótimo ano com a Argentina, sendo campeão da Copa América e um bom ano com o Barcelona, Messi acabou sendo eleito o melhor do mundo pela 7ª Vez.

Acima de tudo, o Presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi Prepara uma festa, na quinta-feira (2), no estádio Parc de Princes para comemorar os títulos em massa dos Les rouges et Blancs. Em suma, a celebração deve ocorrer um pouco antes do jogo contra o Nice, pela Ligue 1.