Após empréstimo, Emerson Palmieri deve voltar ao Chelsea

Após empréstimo, Emerson Palmieri deve voltar ao Chelsea
Foto: Divulgação/ESPN

Após empréstimo de quase um ano, o lateral-esquerdo Emerson Palmieri retorna ao Chelsea. Nesse sentido o ítalo-brasileiro defendeu o Lyon entre agosto de 2021 e tem  seu término de contrato em 30junho de 2022. Thomas Tuchel tentou repatriar o defensor em janeiro, mas não obteve sucesso.

Com a possível saída de Marcos Alonso nessa janela, Emerson Palmieri tem a chance de se tornar um jogador frequentemente utilizado nos Blues. A saber, o Chelsea contratou ele junto à Roma e desembolsou 20 milhões de euros, segundo o Transfermarkt, em janeiro de 2018.

Apesar do alto valor, Palmieri nunca conseguiu se firmar na equipe inglesa. Nesse sentido, nunca foi incontestável na posição e não inicia um jogo da Premier League desde janeiro de 2020. Entretanto, ele é constantemente convocado por Roberto Mancini para defender a Seleção Italiana. Pela Azzurra, foi campeão da Eurocopa de 2021.

Em entrevista, Emerson Palmieri falou sobre sua temporada na França e comentou o retorno ao Chelsea.

“Foi uma boa temporada para mim pessoalmente, porque joguei muitos jogos pelo Lyon. Não falei com o treinador do Chelsea, mas eu ainda tenho contrato e, se precisar voltar, ficarei feliz em fazer isso, porque é um bom lugar para mim”, disse.

Thomas Tuchel tentou fazer Palmieri retornar à Terra da Rainha quando Ben Chilwell sofreu uma lesão no joelho. No entanto, o Lyon não quis romper o contrato de empréstimo.

Na temporada, Emerson Palmieri jogou 36 vezes, marcou um gol e deu duas assistências. Pelo Chelsea, o ítalo-brasileiro jogou, desde 2017/18, 71 jogos, marcou dois tentos e deu seis passes para seus companheiros.

Oi, eu sou o Gabriel Vicco e sou apaixonado por futebol e sempre o tive o sonho de trabalhar com isso. Escolhi o jornalismo por gostar de escrever e me comunicar de várias maneiras. Tenho uma página no Instagram com alguns amigos, o Debate (@debate.fcs), onde postamos notícias, análises e coberturas do Brasileirão Feminino. Atualmente, tenho a certeza de que a profissão que mais almejo é o jornalismo esportivo, por isso busco por experiências e pela minha evolução nesse ramo.
Artigo anteriorChipre x Kosovo – Melhores momentos e resultado
Próximo artigoLacazette deixará Arsenal de graça, diz jornal