Após críticas do Tottenham, Premier League muda regras para adiar jogos por casos de Covid-19

Após críticas do Tottenham, Premier League muda regras para adiar jogos por casos de Covid-19
Reprodução/Getty Images

Antes de mais nada, a Premier League vem sofrendo nos últimos meses com diversos jogos adiados por conta de casos de COVID-19 entre os jogadores da liga. Dessa forma, um desses jogos adiados foi entre Tottenham x Arsenal, que desagradou muito a diretoria dos Spurs. Assim, após críticas do clube londrino, algumas regras serão mudadas para o restante da temporada.

PREMIER LEAGUE MUDA REGRAS

Em resumo, a partir de agora, os clubes da Premier League precisarão confirmar quatro casos de Covid-19 em seu elenco para pedir o adiamento de uma partida. Desse modo, o anúncio foi feito nesta última quarta-feira (26), após reunião com seus integrantes.

Anteriormente, a regra era que as partidas seriam adiadas caso um dos clubes não tivesse pelo menos 13 jogadores de linha e um goleiro disponíveis. Com isso, muitos clubes foram obrigados a jogar, apesar de surtos de Covid-19 no elenco.

Por outro lado, o Arsenal conseguiu adiar o clássico contra o Tottenham apesar de ter apenas um caso positivo – e muitos desfalques por lesão, suspensão e convocações para a Copa Africana de Nações.

Na época o Tottenham se pronunciou sobre o pedido dos Gunners, não gostando nada da decisão, confira:

“Estamos extremamente surpresos que esse pedido foi aprovado. Nós fomos desclassificados da Conference League porque, com uma série de casos de Covid, nós precisávamos remarcar um jogo e nosso pedido para transferir a partida contra o Leicester não foi aprovada – e depois o foi, quando o Leicester pediu”, afirmou o clube, em comunicado emitido no último dia 15 de janeiro.

“A intenção original da orientação era lidar com a disponibilidade de jogadores diretamente afetada por casos de Covid-19, resultando em equipes enfraquecidas que, junto com lesões, resultariam em um clube sendo incapaz de escalar um time. Não acreditamos que a intenção era lidar com a disponibilidade sem ligação com a Covid”, acrescentou.

https://twitter.com/premierleague/status/1486339205550723072

RECLAMAÇÃO DEU RESULTADO

Em resumo, com essas mudanças, o Tottenham teve resultado em suas reclamações pelo adiamento contra o Arsenal no último mês. Entretanto, foi mantida uma exceção: caso outros critérios se sobressaiam, como, por exemplo, médicos aconselhando que há um “risco inaceitável” aos jogadores caso eles tenham que entrar em campo, mesmo com menos de quatro casos positivos.

PREMIER LEAGUE E DIVERSOS ADIAMENTOS

Em suma, desde dezembro, foram adiados 22 duelos pela Premier League. No entanto, foi confirmado que os torcedores não precisarão mais apresentar teste negativo ou comprovante de vacinação para entrarem nos estádios, por conta do enfraquecimento da última onda.