Ansu Fati volta a treinar

2 minutos de leitura

Ansu Fati volta a treinar após dois meses lesionado. Nesta segunda-feira (28), o atacante do Barcelona recebeu o OK dos médicos e participou das atividades ao lado dos companheiros de equipe no CT Joan Gamper.

A volta de Ansu Fati

Primeiramente, Ansu Fati sofreu uma lesão na partida diante do Bilbao, pela Copa do Rey 2021/22. O atacante tinha voltado após um tempo parado, mas sentiu o mesmo problema e foi substituído.

Dessa forma, o jogador preferiu não passar por uma cirurgia e sim por outro processo de recuperação. Afinal, o espanhol possui a vontade de voltar a jogar na atual temporada. Assim, Ansu Fati perdeu 12 jogos por conta da lesão.

Então, após dois meses de recuperação, Ansu Fati recebeu o OK dos médicos do clube e voltou a treinar com o restante do elenco. Além disso, recebeu uma salva de palmas dos companheiros.

Todavia, o Barça não possui a pressa para contar com o Ansu. O clube tem a preocupação por conta do histórico de lesões do atacante. Segundo a jornalista Helena Condis, o jogador espera voltar aos gramados em aproximadamente 2 semanas. Esta é a previsão do atleta se não houver contratempo. Ele se sente muito bem e ansioso para ajudar a equipe na reta final da temporada.

A precaução do Barcelona com o jogador 

Em resumo, Ansu subiu para o profissional na temporada 2019/20. Entretanto, o atleta sofreu quatro lesões desde então. Além disso, a grave lesão no joelho, que ocorreu na temporada 2020/21.

Ou seja, o Barcelona tem a precaução para que Ansu Fati não sofra mais com isso. Afinal, o jogador tem apenas 19 anos e é uma das principais promessas da equipe. Com o bom momento de Aubameyang, Ferran Torres, Luuk de Jong, Dembélé e Adama Traoré, o time busca ter paciência nessa temporada. Assim, contar com o jogador 100% na próxima época.

Foto: Divulgação/ FC Barcelona

Caio Henrique
Caio Henrique

Apaixonado desde criança pelo futebol europeu. Estudo jornalismo por conta desse esporte e também por amar futebol americano.
Já trabalhei em uma rádio, sendo responsável por um programa esportivo. Atualmente, sou setorista do Barcelona, clube que tenho um carinho especial desde 2006.