Aniversário de Lionel Messi: 35 motivos para sorrir!

O garoto de Rosário realmente é surreal e, como todo mundo já sabe, Lionel Andrés Messi Cuccittini tem feito uma carreira colossal. É um baixinho que venceu seus Golias e trouxe ao mundo o seu toque de magia. É, sem dúvidas, um gigante e, para comemorar seu dia, porque não fazer algo extravagante? Veja esta homenagem ao aniversário de Lionel Messi.

Aniversário de Lionel Messi: um menino das adversidades

Em suma, sua história já é conhecida, mas, infelizmente, tem sempre alguém que não valoriza. Um garoto pobre de Rosário que no intuito de crescer fisicamente precisou passar por diversos estímulos para se tornar mais alto. Grande mesmo não é tanto, porém foi o suficiente para dobrar de tamanho com suas glórias em campo.

A chancela da Albiceleste e do pibe mais dourado

A saber, para que você não se engane, Lionel Messi já foi duramente criticado na seleção, mas agora é difícil encontrar um que não o ame. Messi teve seus altos e baixos na Albiceleste, porém, hoje, o baixinho está nas alturas comandando seu país alegremente. Vossa Majestade, o eterno Pibe de Oro, Maradona, já dizia: esse será o sucessor que vos guiará ao fim da minha jornada.

O mais bonito da carreira

Imagine o Maraca lotado… jogadores no campo… torcida gritando, enlouquecida… imagine Maradona naquela festa! Mesmo sem torcida completa, Maradona gritaria por cinco mil nesse jogo.

Para fechar com chave de ouro essa noite dos argentinos, só faltava chover, pois seria indícios de que lá do céu Maradona chorava de alegria e abençoava seu povo com sua água “maradoniana” e dá, enfim, redenção ao seu sucessor. Assim, dando a Messi o que é seu por um dia… a Argentina.

Momento histórico ver Messi chorar, ficar vermelho de emoção, gritar, ser o que todos os argentinos queriam que ele fosse… apenas um deles.

Ver Messi transcender, digo, renascer após a conquista da Copa América, agora, como um puro argentino. Uma Copa que estava mais para “libertadora” dos ombros de Messi após a glória eterna.

Agora, o baixinho curte seu aniversário com a certeza de que fez seu papel, porém, na esperança de vôos maiores. Por certo, a Copa do Mundo está chegando e talvez seja a última de Messi. Conquistando ou não, o baixinho já é enorme. Gigante! De fato, por 35 anos, faz um aqui chorar e outro ali sorrir, obrigado, Lionel Messi, por simplesmente existir.

Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou, mas a vontade de crescer estava a mil. Bem-vindo ao melhor site brasileiro de futebol inglês. Bem-vindos ao PL Brasil. Sou Eric Filardi, paulistano de 28 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: tenho Futebol na Veia.
Artigo anteriorPulgar interessa a clube brasileiro
Próximo artigoOdriozola retornará ao Real Madrid para a temporada 2022/23