Andreas Pereira elogia Mourinho e revela reação do Manchester United ao escolher ir para o Flamengo

3 minutos de leitura

O meio-campista Andreas Pereira é um dos pilares da boa campanha do Fulham, na Premier League desta temporada. Após um fim de ciclo melancólico pelo Flamengo, o jogador deu a volta por cima na Terra da Rainha, onde já é um velho conhecido. Em entrevista concedida ao The Guardian nesta quinta-feira (23), o brasileiro comentou seu atual momento, relembrou os altos e baixos pelo Rubro-Negro e demonstrou gratidão ao técnico José Mourinho, com quem trabalhou no Manchester United.

Andreas Pereira já tem seis assistências na atual Premier League, dividindo o posto de quarto maior garçom com Alex Iwobi, Martin Ødegaard e Bruno Fernandes. Além disso, marcou dois gols. O belgo-brasileiro tem atuado como um “número 10”, e credita parte do bom momento ao técnico português Marco Silva.

 A maneira como ele joga é exatamente a mesma que penso sobre o futebol. Pressionando, fazendo muitos gols, arriscando. Defensivamente, você tem que ser disciplinado também. Mas me sinto livre elogiou o camisa 18 em entrevista ao jornalista Jacob Steinberg.

Boas lembranças de José Mourinho

Outro treinador lusitano que conta com a apreço de Andreas Pereira é José Mourinho. A dupla trabalhou no Manchester United durante alguns meses em 2018, mas que foram suficientes para a criação de uma relação de admiração. Segundo o meia do Fulham, Mourinho o ajudou a entender melhor o papel defensivo e, consequentemente, ser convocado pela Seleção Brasileira principal.

Mesmo que pareça de fora que ele não dá oportunidades para jogadores jovens, eu não concordo com isso. Entrei na seleção principalmente por causa dele (…) Meu primeiro pensamento foi: ‘Nossa, não sei defender, tenho que aprender’. Mas ele me mostrou algumas coisas que eu tinha que fazer melhor. É o José Mourinho. Você quer aprender com os melhores ressaltou o atleta.

Andreas defendeu as cores do Brasil em apenas uma oportunidade, em amistoso contra El Salvador, após a Copa do Mundo de 2018. Na ocasião, Pereira saiu do banco de reservas no segundo tempo, e a Canarinho venceu por 5 a 0.

Turbilhão de emoções no Flamengo

Apesar de ter durado apenas 10 meses, a passagem de Andreas Pereira pelo Flamengo foi intensa. Dentro de campo, o meia teve boa atuação, com 52 jogos, oito gols e duas assistências. Sua chegada ao Rio de Janeiro foi incerta, já que clubes da Europa o desejavam e a esposa, que não é brasileira, estava grávida.

Todos meus amigos disseram. Você vai mesmo? Até o Manchester United disse: ‘Você tem certeza?’ Eu disse: ‘Eu vou. Eu quero ficar perto da minha família pelo menos uma vez. Eu quero jogar no meu país, me sentir amado e confiante’, relembra Andreas.

O atleta de 27 anos optou pelo Fla após conselhos do pai. Tudo parecia caminhar para uma parceria de sucesso, mas um erro no meio do caminho estragou tudo. Andreas Pereira teve um erro individual na final da Libertadores de 2021, que culminou no gol do título do Palmeiras, marcado por Deyverson. Responsabilizado pela derrota, o camisa 18 relembra o momento.

Foi doloroso. Senti que foi um dos meus melhores jogos. Acontecer assim no último minuto foi difícil. Mas acho que isso acontece por uma razão. Eu vou levar a culpa, não se preocupe, recordou Andreas.

Erro contra o Palmeiras condicionou restante da passagem de Andreas pelo Fla – Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O alívio, porém, veio uma temporada depois, quando o Flamengo foi campeão da Libertadores, batendo o Athletico-PR na decisão. Andreas Pereira já havia partido para o Fulham, mas jogou os jogos da primeira fase, além de ter marcado um importante gol contra o Tolima, nas oitavas de final. O meio-campista diz se sentir campeão, e ressalta a pressão presente no ambiente flamenguista.

Quando eles ganharam, foi incrível. Há muita pressão lá. Eles têm 40 milhões de fãs. Eles me crucificaram porque cometi um erro. Eles diriam que eu não seria capaz de fazer nada. Eu joguei e eles ganharam. Joguei todos os jogos da fase de grupos e as quartas de final. Eu ainda me sentia parte disso, recapitulou.

Andreas Pereira volta a campo pelo Fulham nesta sexta-feira (24), contra o Wolverhampton, em reencontro com João Gomes, seu ex-companheiro de Flamengo. A partida está marcada para às 17h, no Estádio Craven Cottage, em Londres.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.