Na mira da CBF, Ancelotti revela maior objetivo atual: ‘Não penso em mais nada’

3 minutos de leitura

Carlo Ancelotti continua sendo o plano A da seleção brasileira, conforme revelou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, em entrevista ao canal catari ‘Bein Sports'. No entanto, o treinador italiano evita falar sobre seu futuro em qualquer lugar, seja no Real Madrid, seja à frente do futebol brasileiro. Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (05), o treinador de 63 anos indicou que sua obsessão atual é outra.

O Real Madrid enfrenta o Osasuna na tarde deste sábado (6), no Estádio Olímpico de La Cartuja, pela final da Copa do Rei. O técnico merengue, experiente em levantar troféus, tendo quatro Champions League e cinco títulos nacionais no currículo, falou sobre a sensação de disputar mais uma decisão em sua carreira.

— Jogar uma final é sempre muito emocionante. Pessoalmente, sempre acho que pode ser a última. Ganhei (a Copa do Rei) em 2003, não foi… e agora de novo. É hora de curtir, porque nunca se sabe qual será a último. É um jogo especial, que vamos jogar pelos nossos méritos e vamos para isso — declarou o comandante do Real Madrid.

O Real Madrid terá dias decisivos pela frente. Logo após a final contra o Osasuna, o time merengue terá o Manchester City pela frente, na tarde de terça-feira (9), no Santiago Bernabéu, pelo jogo de ida das semifinais da Champions League. Ancelotti, por sua vez, prefere focar apenas no confronto de amanhã.

— Amanhã vamos sair sem pensar no dia seguinte. Com a motivação de conquistar mais um título. Como já disse, a preparação para estes jogos, quando se tem este plantel, é bastante simples — disse.

Escalação do Real Madrid para a final

Se tratando de duas partidas decisivas, Ancelotti não descartou utilizar 11 titulares nos dois jogos. O treinador afirmou que haverá uma avaliação física no domingo (7) ou na segunda (8) para decidir o time que enfrentará o Manchester City.

— Avaliaremos as exigências físicas do jogo de amanhã. É sempre difícil (colocar os 11 titulares todos os jogos). Se estamos aqui é pelo empenho de muitos, não apenas onze. Asensio e Ceballos, por exemplo, deram o empurrão para passar da última rodada. Mas apenas onze podem jogar — declarou.

Peça importante no time de Ancelotti, Luka Modric sofreu lesão na face posterior da coxa esquerda, preocupa e pode ficar fora da final contra o Osasuna. O treinador falou sobre a possibilidade de contar com o meia amanhã.

— Bem… temos dúvidas. Ontem ele treinou sem problemas e hoje a ideia é fazer de novo. Se ele estiver confortável, ele vai jogar. As sensações ontem foram muito boas e vamos ver agora. Se ele não estiver confortável, não vamos arriscar. Mas se ele estiver confortável, ele vai jogar — disse.

Qual será o futuro de Ancelotti

Aos 63 anos, Carlo Ancelotti tem contrato com o Real Madrid até junho de 2024. Plano A da seleção brasileira, o treinador não quis comentar sobre o seu futuro, dizendo que está focado apenas na final contra o Osasuna e nas semifinais diante do Manchester City.

— Sobre o meu futuro, repito: contrato até junho de 2024, não amanhã. Falar do meu futuro hoje não é correto. Tenho uma ótima relação com o presidente e com o José Ángel, para mim isso basta. Gostaria de ganhar os dois títulos — declarou.

Real Madrid
06/05/23 - 17:00

Finalizado

2

-

1

Osasuna

Real Madrid - Osasuna

Spain Copa del Rey - Estadio de la Cartuja

1° Turno

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.