Analisamos todos os gols ‘lei do ex’ na Premier League 2019/2020

Uma das maiores máximas do futebol esteve presente na temporada

0
352
lei do ex premier league
Adam Davy/Pool via Getty Images

Aos fãs assíduos de futebol, o termo “lei do ex” não deve ser nenhuma novidade. Aliás, a maioria dos torcedores com certeza já vibrou – e também se frustrou – com ela. Já aos que se deparam com a expressão pela primeira vez, saibam que ela consiste, basicamente, quando um jogador marca um gol em seu antigo clube, isto é, seu ex-clube: daí, a lei do ex.

De ampla difusão no futebol brasileiro, a expressão é tida por aqui como uma das poucas verdades inevitáveis e absolutas do esporte. E em que pese o folclore exagerado que a cerca, a lei do ex é sim extremamente frequente. Certamente não chega a ser irresistível, mas, mais que vez ou outra, a máxima “um jogador sempre marca contra seu ex clube” é fatal.

A lei do ex no futebol inglês

Na Inglaterra, a lei do ex está longe de ter o mesmo destaque midiático que recebe aqui no Brasil, mas isso não quer dizer que não se aplique e não seja utilizada na terra da rainha. Até porque, conforme propõe a premissa, no futebol, a lei do ex é universal.

E, ocasionalmente, ela é sim lembrada pelas manchetes inglesas, ainda que sob a nomenclatura de the immutable law of the exem tradução literal, a imutável lei do ex. A expressão por lá é essa, em função de influência da imprensa italiana, a principal responsável pela tentativa de popularização da lei do ex no futebol europeu.

E na elite inglesa, nos últimos anos, além de apimentar certas partidas, a lei do ex também ajudou a estabelecer sinas e consagrar alguns personagens. Nas temporadas recentes, por exemplo, o Liverpool levou diversos gols de jogadores que passaram pelo clube: Christian Benteke, Andy Carroll e Danny Ings, entre outros.

Pelo Manchester United, Robin van Persie balançou as redes em suas três primeiras partidas contra o Arsenal. Na segunda delas, aliás, de comemoração do título da Premier League, em pleno Emirates. Em contrapartida, fazendo o caminho inverso, Danny Welbeck marcou em três dos quatro primeiros jogos pelos Gunners contra os Red Devils.

Leia mais: 15 jogadores históricos que foram rebaixados na Premier League

lei do ex premier league
Adam Davy/Pool via Getty Images

A lei do ex na Premier League 2019/2020

Já na atual edição da Premier League, a lei do ex se fez valer 24 vezes, resultando em 25 gols, durante 23 partidas, em 21 das 38 rodadas. Assim, envolveu 17 jogadores e 16 dos 20 clubes. Onze equipes se aproveitaram da máxima, ao passo que também foram onze as vítimas dela.

E se quem mais aplicou a lei do ex foi Manchester City e Southampton, graças ao artilheiro Ingsquatro vezes cada, o Leicester foi quem mais sofreu com ela (cinco). Aliás, os Foxes levaram três gols de Harry Kane e agora já são 15 tentos do atacante do Tottenham contra o ex time.

Além de Kane, Chris Wood, Kevin De Bruyne e Joshua King também marcaram contra seus ex clubes nos dois turnos da liga. Mas a lei do ex teve como grande protagonista da temporada outro personagem, o atacante Danny Ings, que marcou contra três equipes que já defendeu: Bournemouth, Burnley e Liverpool.

Os responsáveis pela lei do ex na PL 

  • Sadio Mané contra o Southampton, em Southampton 1×2 Liverpool, pela 2ª rodada;
  • Danny Ings contra Liverpool, em Southampton 1×2 Liverpool, pela 2ª rodada;
  • Jordan Ayew contra o Aston Villa, em Crystal Palace 1×0 Aston Villa, pela 4ª rodada;
  • Harry Kane contra o Leicester, em Leicester 2×1 Tottenham, pela 6ª rodada;
  • Chris Wood contra o Leicester, em Leicester 2×1 Burnley, pela 9ª rodada;
  • Joshua King contra Manchester United, em Bournemouth 1×0 Manchester United, pela 11ª rodada;
  • Kevin De Bruyne contra o Chelsea, em Manchester City 2×1 Chelsea, pela 13ª rodada;
  • Tammy Abraham contra o Aston Villa, em Chelsea 2×1 Aston Villa, pela 15ª rodada;
  • Riyad Mahrez contra o Leicester, em Manchester City 3×1 Leicester, pela 18ª rodada;
  • Cheikhou Kouyaté contra o West Ham, em Crystal Palace 2×1 West Ham, pela 19ª rodada;
  • Harry Kane contra o Norwich, em Norwich 2×2 Tottenham, pela 20ª rodada;
  • Ayoze Pérez contra o Newcastle, em Newcastle 0x3 Leicester, pela 21ª rodada;
  • Chris Wood contra o Leicester (novamente), em Burnley 2×1 Leicetser, pela 23ª rodada;
  • Oxlade-Chamberlain contra o Southampton, em Liverpool 4×0 Southampton, pela 25ª rodada;
  • Danny Ings contra o Burnley, em Southampton 1×2 Burnley, pela 26ª rodada;
  • Michail Antonio contra o Southampton, em West Ham 3×1 Southampton, pela 28ª rodada;
  • Nathan Redmond contra o Norwich, em Norwich 0x3 Southampton, pela 30ª rodada;
  • Kevin De Bruyne contra o Chelsea (novamente), em Chelsea 2×1 Manchester City, pela 31ª rodada;
  • Dan Gosling contra o Newcastle, em Bournemouth 1×4 Newcastle, pela 32ª rodada;
  • Raheem Sterling contra o Liverpool, em Manchester City 4×0 Liverpool, pela 32ª rodada;
  • Joshua King contra o Manchester United (novamente), em Manchester United 5×2 Bournemouth, pela 33ª rodada;
  • Danny Ings contra o Bournemouth, em Bournemouth 0x2 Southampton, pela 37ª rodada;
  • Harry Kane contra o Leicester (novamente), com dois gols, em Tottenham 3×0 Leicester, pela 37ª rodada;
  • Danny Welbeck contra o Arsenal, em Arsenal 3×2 Watford, pela 38ª rodada.

Acompanhe a PL Brasil no YouTube! 

  • SELEÇÃO DA PREMIER LEAGUE COM UM JOGADOR POR TIME