“All or nothing” Tottenham Hotspur: vale a pena assistir à série?

Serie mostra os bastidores da saída de Pochettino e chegada de Mourinho aos Spurs

0
500
all or nothing tottenham
Credit: Amazon

Acompanhar os bastidores do futebol é uma das maiores curiosidades dos torcedores. Ainda mais se tratando de Premier League; um dos campeonatos mais badalados do mundo, mas também um dos mais fechados. Porém, os fãs do Tottenham ganharam a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre com funciona o clube por dentro. A série “All or nothing: Tottenham Hotspur” estreou no Brasil em outubro do ano passado e conta a conturbada trajetória da equipe na temporada 2019/2020.

Cenas fortes: do sonho ao pesadelo

Mas nem tudo são flores para os fãs do Tottenham que decidirem embarcar na série. Ela começa fazendo um retrospecto da história recente do clube, mostrando a classificação histórica para a decisão da Champions League, até a derrota na grande final.

Além disso, o episódio inicial também mostra como o fantasma do fracasso contra o Liverpool acompanhou a equipe nos jogos seguintes. Passando pelo terrível 7 a 2 contra o Bayern de Munique, até o empate com o Sheffield United, que culminaram na queda de Mauricio Pochettino.

A chegada de José Mourinho

Apesar dos resultados ruins e do clima tenso que se instalou entre Pochettino e a diretoria do clube, a série mostra que o técnico era muito querido pelos jogadores. Fato que aumentou a tensão em relação ao novo treinador, ainda mais se tratando de José Mourinho.

O técnico é uma das figuras mais bem sucedidas do futebol, porém, também pode ser uma das mais ríspidas. Entretanto, ele já chega ao novo clube afirmando que, na intimidade, as coisas são diferentes.

O seriado mostra que o novo técnico não encontrou barreiras no relacionamento com os jogadores. Porém, o grande desafio de Mourinho mostrou ser outro: implementar uma nova mentalidade vencedora na equipe.

É preciso ter colhões

Umas das frases mais ditas por Mourinho ao longo dos nove episódios “é preciso ter colhões”. Segundo o que o seriado nos mostra, o técnico via o time do Tottenham como uma equipe de “Nice guys”, de caras bonzinhos e legais demais.

Por diversas vezes ele tenta mudar essa mentalidade da equipe, incentivando um futebol mais agressivo em campo. Entretanto, o tiro quase saiu pela culatra quando esse espírito de guerra atingiu os jogadores no vestiário, quase ocasionando uma briga.

Mas comprovando mais uma vez ter uma das personalidades mais peculiares do futebol, Mourinho vê isso com bons olhos. Como o início da mudança de mentalidade. E uma das vantagens da série é que os fãs podem acompanhar tudo isso bem de perto.

O técnico que ganhou troféus por onde passou: mas por quê não no Tottenham? 

“All or Nothing: Tottenham Spurs” deixa claro os diversos problemas que Mourinho enfrentou na temporada: uma série de jogadores lesionados e a constante dificuldade em mudar a mentalidade do time.

Leia mais: A Copa da Liga 2008: o último título conquistado pelo Tottenham

Desse modo, a série deixa visível a dependência que a equipe tem de Harry Kane e Son Heung-Min. Mas somente esses motivos seriam o suficiente para explicar a falta de resultados expressivos da equipe sob o comando de Mourinho? Ou essa seria uma prova de que o técnico realmente está ultrapassado no mundo do futebol?

A realidade é que ele chegou ao Tottenham trazendo esperança de títulos. Mas terminou a temporada comemorando um suado sexto lugar na tabela da Premier League e a classificação para a Liga Europa.

Mas vale a pena ou não assistir “All or Nothing: Tottenham Hotspur”?

Bom, se você quer descobrir mais sobre os esquemas táticos de Mourinho, saiba que não verá isso em “All or Nothing: Totthenhan Hotspur”. Entretanto, a série ajuda o espectador a entender um pouco mais sobre a maneira que o técnico vê e pensa o futebol.

Além disso, por mais que exista interferência das câmeras, ainda é possível ter acesso a intimidade dos jogadores e do clube. Como por exemplo, o episódio que mostra Harry Kane descobrindo o sexo de seu filho e os tramites que envolveram a saída de Christian Eriksen e a chegada de outros jogadores.

A série também consegue mostrar o lado humano do elenco, suas frustações quando perdem e o desgaste físico e emocional causado pela maratona de jogos. Até mesmo Mourinho mostra o seu lado mais emocional após ficar abalado com a morte de seu cachorro.

Leia mais: Os uniformes mais bonitos do Tottenham no século

Desse modo, os fãs de futebol e também do Tottenham, conseguem ter acesso a informações que não circulam normalmente na mídia. Sendo capaz de entender de dentro os problemas que o time enfrentou na temporada 2019/2020.

Apesar de não ser o que está acontecendo na temporada atual, a série termina deixando os torcedores com a esperança de dias melhores.

PS: A equipe da PL Brasil se sentiu no dever de alertar a todos que ao assistir “All or Nothing: Tottenham Hotspur”, você corre um sério risco de se encantar pelo carisma de Son Heung-Min.