Pesadelo na defesa do Liverpool: Após Alisson e Robertson, Klopp confirma mais uma lesão

4 minutos de leitura

O Liverpool venceu o Fulham por 4 a 3, neste domingo (3), em uma partida eletrizante da Premier League. Os gols da vitória de virada dos Reds foram marcados por Trent Alexander-Arnold (duas vezes), Mac Allister e Wataru Endo.

Apesar do resultado positivo, que levou os Reds para a segunda posição e acirrou ainda mais a disputa pelo título do Campeonato Inglês nesta temporada, o jogo teve como saldo negativo a lesão de mais um jogador da defesa do Liverpool.

Klopp confirma mais uma lesionado na defesa do Liverpool

O zagueiro Joel Matip foi substituído aos 17 minutos do segundo tempo, após levar a mão a perna, indicando um desconforto. Na entrevista coletiva após a partida, Jürgen Klopp confirmou a lesão do jogador, dizendo que ele não deve voltar tão cedo.

— Perdemos hoje Joel. Obviamente, ainda não temos imagens, nem exames, mas pelo que vocês ouvem e podem ver, não será algo curto.

O Liverpool já vem sofrendo com problemas físicos na defesa há algumas rodadas. O goleiro Alisson machucou o músculo posterior da coxa no empate contra o Manchester City, na 13ª rodada, e, apesar de não haver uma data certa para seu retorno, o técnico também já havia adiantado que ele ficaria fora por alguns jogos.

O lateral Andrew Robertson, por sua vez, se machucou durante a penúltima pausa internacional, quando estava servindo a seleção da Escócia, no fim de outubro. Ele passou por uma cirurgia e também não retornará tão cedo.

Com isso, dá para dizer que 60% da defesa titular dos Reds está lesionada. Apenas Arnold e Van Dijk seguem saudáveis. Os problemas físicos tampouco são uma novidade em Anfield.

Matip atuou em todas as partidas do Liverpool até o momento nesta temporada. Agora, ele é o quinto jogador a se juntar aos companheiros no departamento médico dos Reds. Além do goleiro e do lateral, Thiago Alcântara, Bajceti e Diogo Jota seguem machucados.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.