Temporada pelo Liverpool prova: Mac Allister deve ser o próximo líder da Argentina

6 minutos de leitura

Em processo de transição, a Argentina conta com alguns nomes em destaque no elenco que disputa a a Copa América 2024 nos Estados Unidos — entre eles, Alexis Mac Allister. Com Lionel Messi e Ángel Dí Maria próximos da aposentadoria, o meia do Liverpool demonstra que pode ser o próximo líder da seleção.

A referência da seleção argentina ainda é Messi, mas o camisa 10 está com 36 anos. O país tem alguns talentos, embora nenhum chegue aos pés do jogador do Inter Miami. Ainda assim, a temporada 2023/24 com o Liverpool provou que Mac Allister é o sucessor perfeito da liderança na Albiceleste.

A temporada de Mac Allister no Liverpool

A temporada 2023/24 do Liverpool não terminou como os torcedores e Klopp desejaram. Mesmo assim, o time trouxe ótimas notícias para os próximos anos e certamente Mac Allister é uma delas.

Com passagens por Argentinos Juniors e Boca Juniors em seu país natal, o meia chegou aos Reds em 8 de junho. O clube pagou 35 milhões de libras (R$ 214,5 milhões na época) ao Brighton e assinou contrato até 2028. No anúncio, recebeu a camisa 10, que antes pertencia a Sadio Mané.

Mesmo em pouco tempo na nova equipe, o argentino já demonstrou ser não apenas a melhor contratação dos Reds, mas um dos melhores reforços da Premier League. Ele assumiu a titularidade no meio-campo e o protagonismo na temporada. E os números comprovam esse fato.

Números ofensivos de Mac Allister na temporada 2023/2024*

  • 46 jogos
  • 7 gols
  • 7 assistências
  • 33 finalizações
  • 2536 passes
  • Média de 3 chances criadas por partida

*Dados: Site oficial do Liverpool

Mas o desempenho de Mac Allister não chama atenção apenas na parte ofensiva. Sim, ele demonstrou ser uma peça crucial para o ataque. Porém, também contribuiu — e muito — para a defesa.

Números defensivos de Mac Allister na temporada 2023/2024*

  • 130 divididas
  • 71 duelos ganhos
  • 25 bloqueios de chutes
  • 45 interceptações
  • 257 recuperações
  • 41 duelos aéreos vencidos

*Dados: Site oficial do Liverpool

Sede para ganhar mais títulos

Falando ao podcast “Off the Ball”, o ex-jogador John Giles afirmou que o meia dos Reds simplesmente não é um líder. A lenda do Leeds comentou que o jogador é “muito quieto”.

— Mac Allister é um jogador muito bom, mas quando o vejo jogar ele fica muito quieto. Ele faz o que faz bem, mas não parece inspirar as pessoas ao seu redor a incentivá-las e levá-las a isso. Eles não têm ninguém no meio-campo que possa controlar isso como capitão — comentou John Giles.

Esse pode ser um ponto interessante. Em um time com Van Dijk, Salah e Alisson, nomes já consagrados com a camisa do Liverpool, Mac Allister precisa buscar o espaço de liderança aos poucos. E demonstrou essa evolução em algumas declarações no decorrer da temporada.

Alexis Mac Allister, camisa 10 do Liverpool (Foto: Icon Sport)

Mesmo com apenas 25 anos, Alexis tem títulos de peso no currículo. Ele conquistou um Campeonato Argentino pelo Boca Juniors, a Copa do Mundo pela Argentina e a Copa da Liga Inglesa pelo Liverpool. Porém, como o próprio jogador comentou ao “The Guardian” em fevereiro, ele quer mais.

— Eu definitivamente quero mais. A Copa do Mundo me ajudou a perceber que quero muito ganhar mais troféus. Era o que eu queria quando assinei pelo clube. Meu plano é um dia criar um pequeno museu em casa – uma sala onde tudo esteja lá. Tenho uma réplica da Copa do Mundo, a medalha e mais alguns troféus – por enquanto estão todos em um lugar seguro – e meu plano é poder ter um lugar para eles onde eu possa sempre vê-los — disse Mac Allister.

Talvez um líder quieto e modesto, mas que já demonstrou ser uma autoridade dentro de campo. A versatilidade, inteligência e vontade por ganhar mais troféus colocam o argentino como uma das referências no Liverpool.

Mac Allister na Copa América 2024

A Argentina voltou ao topo do futebol, levantando a taça do Mundial em 2022 e a da Copa América em 2021. No torneio continental realizado nos Estados Unidos, Mac Allister tem demonstrado que pode ser um dos destaques.

Mac Allister em ação pela seleção argentina em partida da Copa América 2024
Mac Allister em ação pela seleção argentina em partida da Copa América 2024 (Foto: IMAGO/Icon Sportswire)

Logo na estreia, o meia conduziu a vitória da Albiceleste contra o Canadá, dando o passe para Julián Álvarez abrir o placar. Porém, a atuação foi além da assistência. Jogando mais ofensivamente, ele distribuiu 33 passes, com um aproveitamento de 89% e criou duas grandes oportunidades para os companheiros balançarem as redes.

Diante do Chile, o desempenho como um todo da Argentina foi abaixo. Ainda assim, o meia do Liverpool conseguiu se destacar. O percentual de acerto de passes passou para 92%, com 54 passes certos. Mas, dessa vez, ele se sobressaiu na parte defensiva. Foram três desarmes e sete recuperações de posse de bola.

Mac Allister pode não ter o mesmo talento de outros nomes da Albiceleste. Mas a versatilidade apresentada deixa o jogador na primeira prateleira e mostra que a seleção tem um grande líder para o futuro.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.