O que aconteceu com Trent Alexander-Arnold nesta temporada?

Na atual temporada, o lateral-direito do Liverpool teve uma grande queda de rendimento

0
550
alexander-arnold temporada
Jon Super - Pool/Getty Images

Não há dúvidas quanto à qualidade do lateral-direito titular do Liverpool, Trent Alexander-Arnold. Afinal, o garoto de apenas 22 anos foi um dos principais jogadores na equipe de Klopp na conquista da Champions League e da Premier League nos últimos anos. Porém, na atual temporada, quem acompanha a PL tem notado que o rendimento de Alexander-Arnold caiu.

Trent Alexander-Arnold: um pilar na equipe de Klopp

Alexander-Arnold não demorou a conquistar a confiança de Klopp e assumir, de vez, a posição de lateral-direito no Liverpool, seu time do coração e onde treina desde seus seis anos de idade. Em 2016, Arnold estreou na Copa da Inglaterra e na Premier League e já ameaçava a titularidade do então companheiro de equipe, Nathaniel Clyne. 

Na temporada 2017/2018, disputou a titularidade na lateral-direita com Joe Gomez, depois de Clyne sofrer uma lesão ainda na pré-temporada. Além disso, foi nessa temporada que Arnold marcou seu primeiro gol pelo Liverpool, de falta, contra o Hoffenheim, num jogo válido pela Liga dos Campeões. Posteriormente, ainda marcou mais um gol sobre o Maribor, numa goleada por 7 a 0. 

Leia mais: Alexander-Arnold: lateral do Liverpool quase virou atleta de rúgbi

Na temporada seguinte, 2018/2019, Trent Alexander-Arnold conquistou a titularidade absoluta na equipe do Liverpool. Apesar de ser muito contestado pela torcida por ser muito jovem e ter pouca experiência, Arnold não decepcionou Klopp e teve uma temporada incrível para um defensor. Jogou, somando todas as competições, 40 partidas pelos Reds, anotou um gol e ofereceu 16 assistências.

A temporada passada, 2019/2020, foi a melhor da carreira de Alexander-Arnold até aqui. Jogando um futebol de altíssimo nível, o jovem participou de 49 jogos, entre todas as competições, marcou quatro gols e ofereceu 15 assistências. Mas, mais do que os números, Alexander-Arnold demonstrava segurança na equipe do Liverpool e um futebol consistente. 

Leia mais: 5 jogadores que estão decepcionando na Premier League 2020/2021

Queda de rendimento 

Na atual temporada, Arnold decaiu muito, ainda mais quando se compara com as últimas duas. Até agora, foram 27 partidas jogadas, um gol e apenas cinco assistências, entre todas as competições. Aquele jogador diferenciado e que contribuía muito no ataque dos Reds desapareceu. Os motivos para essa queda brusca de rendimento podem ser vários, como por exemplo, o coronavírus e a lesão que sofreu no início da temporada.

O jovem contraiu a covid-19 antes da pré-temporada do Liverpool e, consequentemente, não participou dos treinamentos. Voltou a treinar com a equipe para as primeiras rodadas da PL, mas acabou lesionando a panturrilha e ficou fora de cinco jogos oficiais.

Para Jurgen Klopp, esses são os motivos pelos quais Trent Alexander-Arnold não é o mesmo das temporadas anteriores. Em entrevista coletiva, no dia 8 de janeiro de 2021, o alemão afirmou que as críticas por parte da torcida são normais e que logo Trent deve voltar à sua melhor forma. 

Catherine Ivill/Getty Images

Leia mais: Fabinho: a solução caseira para os problemas de Jürgen Klopp

Outro motivo que pode ter levado Alexander-Arnold a cair de rendimento são as lesões na zaga do Liverpool. Com van Dijk, existe uma segurança maior na equipe dos Reds, o que permite que tanto Arnold quanto Robertson possam subir mais para o ataque.

Após perder van Dijk, Gomez e Matip ainda davam essa sensação de segurança aos laterais, mas não durou muito, já que Gomez se machucou no início da temporada em um treino pela seleção inglesa. Matip perdeu muitos jogos por lesão nesta temporada e, agora, sofreu uma lesão séria que o tirou do restante dos jogos.

Por este motivo, Fabinho, o volante que também auxiliava na defesa quando os laterais dos Reds subiam para o ataque, tem sido usado como zagueiro desde as lesões de van Dijk e Gomez. 

Em entrevista ao Liverpool Echo, Arnold revelou que não considera “fisicamente possível” que os jogadores performem em alto nível num calendário como o dessa temporada. “Nós somos pagos para jogar futebol, então não podemos reclamar de jogar, mas nós precisamos pensar no nosso corpo. Não é certo colocar o corpo humano em situações de tanta intensidade”, afirmou.

LAURENCE GRIFFITHS/POOL/AFP via Getty Images

Além disso, o lateral-direito também lembrou que, no ano passado, os times precisaram ficar em lockdown de três meses e que é difícil se manter em forma assim. 

Trent também já declarou que, depois das lesões de van Dijk e Gomez, se sentiu na obrigação de ajudar mais na defesa e subir menos para o ataque, o que impacta diretamente o rendimento da equipe.

Entretanto, no jogo do Liverpool contra o Tottenham, Alexander-Arnold apresentou o futebol que todos estão acostumados. Uma assistência, um gol e eleito Homem do Jogo pela torcida dos Reds. Pode ser o início da retomada na qualidade indiscutível que Alexander-Arnold apresentou nos últimos anos. 

Leia mais: Conheça mais sobre Ozan Kabak, novo zagueiro do Liverpool