Alessio Dionisi afirma que Sassuolo precisa estar tecnicamente melhor do que foi contra o Torino; confira a entrevista na íntegra

Reprodução: Sky Sports

O técnico do Sassuolo, Alessio Dionisi, disse que o Neroverdi deve ser “tecnicamente melhor” contra o Atalanta, do que foi na última partida, frente ao Torino. Entretanto, ressaltou que a La Dea é semelhante ao Toro em seu estilo de jogo.

O novo treinador tem problemas iniciais no Estádio Mapei e o Sassuolo perdeu os dois últimos jogos, frente à Roma e ao Torino, respectivamente.

Confira as respostas de Alessio Dionisi às vésperas da 4ª rodada da Serie A 2021/2022:

“Não fomos a equipe dominante do início ao fim. Jogamos de acordo com as características deles; não deveríamos ter feito isso. Não é fácil e não será fácil amanhã contra uma equipe que tem uma ideia semelhante ao Torino, mesmo sendo mais forte. Se não formos tecnicamente melhores na partida, será difícil.”

Primordialmente, Dionisi sabe que os gols sofridos tardiamente nos jogos anteriores não são coincidentes, mas afirmou que todas as equipas precisam de tempo para “ganhar uma identidade”.

“Não acredito em coincidências, é muito cedo para que aconteça, mas sofremos três gols no final e temos que estar atentos até o final. Os jogos mudam em um momento e já pagamos o preço. Contra o Torino, nos últimos 10 minutos, com paralisações. É diferente. No início, os valores não emergem completamente, no início as equipes se enfrentam de uma maneira. Depois de quatro jogos já estamos falando sobre o campeonato quando você pode ganhar ou perder contra qualquer um. Daqui a pouco não será assim. Há valores que ainda não estão bem definidos, logo estarão.”, continuou Dionisi.

Sassuolo tem um histórico ruim contra Atalanta, mas Dionisi acredita que é porque eles dão dificuldades a todos.

“O Torino também é um time que historicamente atormentou Sassuolo e o fez de novo”, ele continuou. “Atalanta dá dificuldades a todos. São fortes e não é por acaso que se saem bem na Champions League e lutam pelas primeiras colocações. Vamos para lá sabendo que temos que fazer melhor que no jogo anterior, ter experiência, porque Atalanta e Torino têm ideias semelhantes, jogam homem a homem, com intérpretes diferentes. No papel, pode parecer uma derrota, mas podemos mudar as cartas em campo. Temos as qualidades, acima de tudo tecnicamente, mas não apenas, para tornar o jogo nosso.”, finalizou.