Jornal diz que ‘Ajax fabricou o novo De Bruyne’; saiba quem é ele

8 minutos de leitura

Kristian Hlynsson é um alento para o torcedor do Ajax, que está na quinta posição do Campeonato Holandês, com pontuação distante de uma classificação até para a Conference League (oito pontos). O talento islandês é comparado a Kevin De Bruyne por tamanha qualidade técnica.

O islandês é comparado a De Bruyne pelo jornal “As”, da Espanha, não apenas pela aparência física. O veículo traz a fala do ex-jogador Ronald de Boer no “Voetbal International” para explicar o que há de semelhante entre Hlynsson e o craque do Manchester City.

— É sempre perigoso comparar jogadores e não estou dizendo que ele possa atingir o seu nível, mas ele se parece com o De Bruyne. O belga tem um ótimo chute e passa bem, assim como Hlynsson.

Além de De Bruyne, De Boer destaca uma semelhança também entre Hlynsson e Dennis Bergkamp, lenda do Arsenal.

— Kristian tem o que Bergkamp costumava ter. Ele não era muito bom no um contra um, mas suas movimentações são tão boas que ele eliminava seus rivais daquele jeito.

Mas o jornal espanhol destaca que Hlynsson precisa marcar mais, trabalhar o físico e melhorar a perna ruim (a esquerda).

— Ele tem uma noção perfeita de onde esperar quando cruza para a área. Ele também é bom em combinar com seus companheiros de equipe. Ele sabe onde se posicionar quando, por exemplo, Berghuis (ala direito) se move ou Brobbey (atacante) sai da área e ele joga o 9. Ele tem faro para isso — disse o treinador Van't Schip.

Ao mesmo tempo, a ausência de Berghuis (lesionado desde o início de fevereiro) permite Hlynsson assumir o comando da ala direita do Ajax.

mapa de calor Hlynsson Ajax
Mapa de calor Hlynsson (Foto: Sofascore)

Quem é o “De Bruyne” do Ajax

Hlynsson tem apenas 20 anos, mas parece um jogador experiente. Embora tenha nascido na Dinamarca, seus pais retornaram ao norte da Islândia pouco depois do nascimento da estrela do Ajax. Eles se mudaram para Hafnarfjordur, que fica a apenas 12,6 km de Reykjavik, capital islandesa.

Aos 15 anos, Kristian Hlynsson chegou ao Ajax, onde viveu com uma família anfitriã em Abcoude, pequena cidade localizada nos arredores de Amsterdã, enquanto seu irmão Ágúst se mudou com sua mãe para a Inglaterra para jogar no Norwich.

— Estou habituado a mudar, por isso não foi difícil para mim ir para o Ajax. Tive que deixar minha família e construir minha própria vida. Eu me encaixo bem na sociedade holandesa. Tenho os pés no chão, sou calmo e sereno. Mas é assim que a maioria dos escandinavos são — disse Kristian Hlynsson ao site do clube em 2020.

O Ajax descobriu o “novo De Bruyne” num torneio de jovens atletas em Enschede, quando Hlynsson jogava pelo Breidablik. Ele foi artilheiro e eleito o melhor jogador do torneio. O consultor islandês Óttar Magnus Karlsson foi quem viu a joia e a levou para o gigante holandês.

— Acho que tenho boa intuição para me posicionar, marco com facilidade e tenho boa técnica. Assisto muito De Bruyne e Ziyech, gosto de jogadores criativos — disse Hlynsson na entrevista de 2020.

Com apenas dois meses de Ajax, Hlynsson precisou voltar à Islândia por causa da Covid-19. Na volta, queimou etapas nas categorias inferiores do clube, chegando até a estrear com o técnico Erik Ten Hag em duas partidas da Copa da Holanda.

Em três anos de crescimento contínuo, Hlynsson não parou de chamar a atenção. Na temporada passada ele participou de 20 gols (11 gols e 9 assistências) em 37 jogos pelo time B do Ajax. Em 80 partidas pelo Young Ajax, o “novo De Bruyne” se adaptou bem ao futebol do gigante de Amsterdã.

— Kris é um jogador muito inteligente. Ele se movimenta com liberdade nas entrelinhas. Eu costumava jogar com ele como meio-campista ofensivo, mas às vezes também como atacante por dentro. Foi assim que chegou ao time titular, ao qual ingressou no dia 8 de novembro, após quatro partidas no campeonato. Desde então, participou de todos os jogos do time. E no último domingo ele chegou à marca de dez gols na temporada — contou Heitinga, que treinou Hlynsson por 58 jogos.

Números de Kristian Hlynsson na temporada

  • 10 gols
  • 3 assistências
  • 39 jogos

Hlynsson na seleção

Há alguns anos, Hlynsson realizou o sonho de jogar com seu irmão, disputando seis jogos com o sub-21 da Islândia. O “novo De Bruyne” fez sua estreia pela seleção principal em novembro de 2023, depois de assistir do banco de reservas os compromissos das datas Fifa de junho, setembro e outubro.

— Ele ainda é muito modesto em campo para pedir a bola e resolver. Acho que ele pode se tornar uma espécie de Litmanen, um jogador que faz o time jogar melhor pensando mais rápido que os outros e fazendo coisas simples. Esta temporada pode ser introdutória, mas confio nele. Trabalhei com esse cara e ele é fantasticamente talentoso. Ele tem potencial para se tornar um grande jogador — descreveu Ronald de Boer.

De Boerr finaliza seu relato sobre o “novo De Bruyne” destacando a “mentalidade escandinava” do jogador. Ele pode não driblar muito, mas se movimenta, chuta bem e tem uma visão de jogo surpreendente.

— Ele já fazia esse tipo de coisa muito bem e só melhorou. Você percebe que ele vê o jogo, que ele entende. Ele não corre desnecessariamente como muitas crianças de sua idade fazem. Veja quem está livre e deixe a bola fazer o seu trabalho.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.