Os melhores jogos de Sergio Agüero pelo Manchester City

Relembre grandes momentos do argentino com a camisa dos Citizens

0
254
Aguero Manchester City
Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

Há um tempo, a PL Brasil montou a seleção do Manchester City no século XXI e entre os atacantes escalados estava Sergio Agüero, também conhecido como Kun. Para muitos, o maior jogador que já vestiu a camisa azul. 

Agüero é o maior artilheiro da história do Manchester City e o quinto maior da história da Premier League. Se falarmos apenas dos jogadores estrangeiros, ele volta para o primeiro lugar em número de gols, além de também ser o recordista de hat-tricks da competição. 

O ex-camisa 16 e atual camisa 10 chegou aos Sky Blues em julho de 2011, já batendo recordes. Foi a transferência mais cara da história do clube. Na era Premier League, Agüero esteve em todas as temporadas que o City levantou a taça. Não faltaram jogos importantes para ele se consagrar como a principal referência ofensiva do time durante grande parte da sua trajetória. A PL Brasil lista as principais atuações do argentino com a camisa dos Citizens. 

Os melhores jogos de Sergio Agüero pelo Manchester City

A primeira vez com a camisa azul 

Kun Agüero entrou em campo com a camisa 16 do Manchester City pela primeira vez em 15 de agosto de 2011. Era o primeiro jogo do clube na temporada 2011/2012 da PL, contra o Swansea City.

Agüero chegou do Atlético de Madrid e o treinador Roberto Mancini queria poupá-lo fisicamente, mas a torcida estava ansiosa para vê-lo em campo. Por isso, ele só saiu do banco de reservas aos 14 minutos do segundo tempo. O placar estava em 1 a 0 para os Citizens, mas faltava o show individual do estreante. 

Kun entrou, e, em pouco mais de 20 minutos, marcou dois gols e deu uma assistência, de costas, para David Silva marcar também. A partida terminou em 4 a 0. Agüero brilhou no primeiro jogo de um ano que seria inesquecível.

ANDREW YATES/AFP via Getty Images

6 a 1 em Old Trafford

Em 23 de outubro de 2011, os times de Manchester se enfrentaram em um clássico histórico no Old Trafford, pela 9ª rodada da Premier League. O United não perdia em casa há 25 jogos no Inglês e tinha um histórico de vantagem sobre o City. 

Com isso, o cenário não parecia muito promissor, mas o time azul foi contra todas as expectativas. O placar foi iniciado com Balotelli, aos 22 minutos do primeiro tempo. Foi o italiano também quem marcou o segundo gol do jogo, já na etapa final.   

De dentro da pequena área, Agüero recebeu de Richards e colocou a bola na rede para deixar o placar em 3 a 0. Depois disso, Fletcher marcou um para os Reds Devils, mas não foi o suficiente. Dzeko (2) e David Silva (1) finalizaram a partida em 6 a 1 para os visitantes. O City não vencia o United no Old Trafford desde 2008. 

Aguero Manchester City
Laurence Griffiths/Getty Images

A história contra o Queens Park Rangers

Esse é, sem dúvidas, o jogo mais marcante de Agüero no Manchester City

Em 13 de maio de 2012, todo mundo esperava que o campeão da Premier League viesse de Manchester. Isso porque City e United disputavam a taça em jogos diferentes, mas era dia do lado azul da cidade brilhar. 

Os Sky Blues receberam o Queens Park Rangers no Etihad Stadium. O histórico era favorável ao time da casa e parecia uma partida simples, mas os visitantes balançaram o coração dos torcedores Citizens. 

A primeira bola na rede demorou 39 minutos para sair. 1 a 0 para o City, mas o time estava perdendo muitas oportunidades. No segundo tempo, veio a resposta. Djibril Cissé e Jamie Mackie marcaram dois para o QPR. Até então, o Manchester United era o campeão da temporada, porque vencia de 1 a 0 a partida contra o Sunderland.

A bola não queria entrar na rede para os Citizens. Foram 11 finalizações sem gols por 30 minutos. O empate pintou durante os acréscimos. Edin Dzeko marcou após escanteio e trouxe de volta a esperança do primeiro lugar. 

E veio com protagonismo de Agüero. Aos 48 do segundo tempo, Kun tabelou com Mario Balotelli, rompeu a marcação e marcou o gol que garantiu o título da Premier League aos Manchester City, depois de 44 anos sem encontrar o troféu de campeão inglês. 

Leia mais: Manchester City 3×2 QPR: a epopeia com o gol histórico de Agüero

Uma marca na temporada 2012/2013

Depois de levantar a taça na temporada passada, os Citizens terminaram a PL 2012/2013 no segundo lugar da tabela. A esperança do bicampeonato foi destruída por uma campanha vitoriosa do rival Manchester UnitedApesar dos 12 pontos de diferença entre os times de Manchester no final do campeonato, o City deixou a sua marca em um jogo válido pela 32ª rodada da Liga.

No Old Trafford, Agüero entrou em campo aos 26 minutos do segundo tempo, quando o jogo estava empatado em 1 a 1, e levou só sete minutos para garantir a vitória dos Citizens com uma linda jogada individual. Ele passou por três marcadores em linha cruzada na grande área e chutou por cobertura no goleiro De Gea.  

Foi a primeira vez, em 41 anos, que City venceu os Reds por duas vezes seguidas no Teatro dos Sonhos (o último jogo tinha sido a goleada de 6 a 1). 

Alex Livesey/Getty Images

A manita de Kun

No futebol, uma manita é quando um jogador marca cinco gols em um único jogo. Na Premier League, apenas cinco atletas conseguiram esse feito: Andy Cole, Alan Shearer, Jermain Defoe, Dimitar Berbatov, e claro Sergio Agüero. Foi o que aconteceu no Etihad Stadium no dia três de outubro de 2015. Um resultado fora de série para qualquer torcedor. 

Em 2014/2015, Agüero marcou 26 gols na Premier League. Já em 2015/2016, ele não estava com bons resultados, teve uma grande queda de rendimento e frustrou muitos torcedores. Antes de encontrar o Newcastle, no jogo de 3 de outubro de 2015, Agüero estava com apenas um gol na competição e uma taxa de conversão de 6,25%, muito baixa para seu padrão. Além disso, o City vinha de duas derrotas contra Tottenham e West Ham

No Etihad Stadium, os donos da casa saíram atrás no placar. O primeiro gol foi marcado por Mitrovic. Apesar dos vários erros no meio campo, o empate veio ainda no primeiro tempo. A cabeçada de Agüero marcou o início de uma reviravolta dentro do gramado. 

No segundo tempo, o City parecia um novo time. Kun marcou outro gol logo aos três minutos e depois mais um no minuto seguinte. Ao fim do hat trick do camisa 10, foi a vez de De Bruyne deixar o 4º gol no placar dos Citizens. Mas a estrela de Agüero ainda não tinha parado de brilhar: ele deixou mais duas bolas na rede em um intervalo de três minutos para finalizar o placar em 6 a 1

Foram cinco gols em 66 minutos com uma taxa de conversão de 71%. Um gigante em campo. 

Aguero
Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

O maior artilheiro da história do Manchester City 

Agüero já tinha marcado a trajetória do Citizens de várias formas, mas foi na temporada 2017/2018 que ele carimbou seu nome como o maior artilheiro da história do clube. 

No jogo válido pela nona rodada da Premier League, contra o Burnley, os Citizens mostraram uma certa dificuldade para começar a construir boas jogadas. Apesar disso, a superioridade da qualidade técnica não mentia. O placar terminou em 3 a 0 para os City. 

Agüero marcou, de pênalti, o seu gol de número 177 com a camisa azul e se igualou a Erick Brook como maior goleador da história dos Citizens. Era 21 de outubro de 2017

Mas demorou para que o camisa 16 ultrapassasse o ídolo Brook. Em primeiro de novembro, contra o Napoli, pela vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões, Agüero marcou o 178º com a camisa azul  e se tornou, sozinho, o maior artilheiro do clube. 

O gol de Kun deixou o placar em 3 a 2 e concretizou o City como o primeiro time inglês a vencer uma partida europeia no estádio Diego Armando Maradona, antigo San Paolo, do Napoli. Raheem Sterling ainda fechou a vitória nos acréscimos e o time se manteve invicto por 22 partidas, com uma campanha perfeita de 12 pontos no Grupo F. 

Leia mais: Os 10 maiores ídolos da história do Manchester City

Um mês, três recordes

A goleada de 6 a 1 sobre o Aston Villa, em 12 de janeiro de 2020, não foi apenas mais uma para Agüero. Após marcar três gols, Kun ultrapassou Alan Shearer e se tornou o jogador com mais hat tricks da história da PL. Foram 12 até então.

Patrocinado pela Puma, o camisa 10 ganhou até chuteiras com design especial de comemoração. 

Além disso, nesse mesmo jogo, Agüero superou Thierry Henry e se tornou também o estrangeiro com mais gols na história da liga.

Leia mais: Os 6 maiores artilheiros não britânicos da história da Premier League

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por PUMA (@puma)

Em 7 fevereiro de 2020, a Premier League anunciou o prêmio de jogador do mês de janeiro e Agüero foi o vencedor. 

Com o feito, o argentino ultrapassou Harry Kane e Steven Gerrard, se tornando o jogador que mais vezes recebeu o título de melhor do mês. Ao todo, foram seis vezes. Uma máquina de quebrar recordes!