Afinal, Richarlison deveria sair do Everton?

Afinal, Richarlison deveria sair do Everton?
(Foto: Reprodução/Richarlison97)

Nos últimos meses, o nome de Richarlison foi especulado em alguns times da Europa, entre eles o PSG. No entanto, segundo o técnico Rafa Benitez, o Everton não vai vender o atleta. Assim, a coluna Conceito Premier de hoje debate o segundo tema: Richarlison deveria sair do Everton?

Richarlison: o jovem estreia na Inglaterra

Para entender a situação de Richarlison, é necessário lembrar sobre o contexto de sua chegada na Inglaterra. Com 20 anos de idade, quando ainda atuava pelo Fluminense, o jovem atacante foi comprado por 12,5 milhões de euros pelo Watford. Assim, após uma temporada de destaque, o Everton comprou os direitos do jogador por 45 milhões de libras (cerca de 223 milhões de reais na cotação da época). A contratação do jogador foi feita após pedido do técnico dos Toffees, Marco Reis, que havia trabalhado com ele na temporada anterior.

Dessa forma, o jogador caiu nos braços da torcida em pouco tempo. Com grande carisma, o brasileiro foi muito bem aceito, fazendo grandes atuações pelo time dentro de campo. Por outro lado, fora de campo, criou grandes vínculos com a torcida. Hoje, Richarlison é peça indispensável dentro e fora de campo. E isso ficou muito claro ao longo dos últimos anos. Vale ressaltar que o atleta é engajado nas redes sociais e sempre usa sua voz para levantar causas importantes. No Everton, a situação não é diferente.

Grandes propostas por um grande jogador

Desde que chegou, Richarlison vem sendo monitorado por clubes de grande aporte financeiro de diversos locais da Europa. Em 2020, por exemplo, o Barcelona fez uma proposta de 100 milhões de euros. No entanto, a oferta foi rejeitada pelo Everton. Hoje, na primeira metade da temporada 2021/22, o atleta está no radar de PSG e Real Madrid. Portanto, isso levanta uma questão importante: por que Richarlison não sai do Everton?

A resposta é bem simples, na verdade. Richarlison é amado na Inglaterra. Jogando pelos Toffees, está em casa. Pela seleção brasileira, por exemplo, Richarlison recebe duras críticas, mesmo sendo um dos principais jogadores em campo sempre que joga. Por outro lado, na Inglaterra, é aplaudido.

Usando a número 7, de grande valor na “Terra da Rainha“, faz jus e contribui em todos os aspectos. Assim, a relação entre Richarlison e Everton é além do dinheiro. O jogador claramente se sente no ápice, quase com status de “ídolo”. Como ele mesmo disse: “Por aqui sou amado”.

Afinal, Richarlison deveria sair do Everton?

Agora que entendemos o contexto de Richarlison e o porquê de ele muito provavelmente não querer sair do Everton, é hora de responder a questão. Na minha opinião, Richarlison não deveria sair do Everton. Justamente por sua relação com a torcida, o atacante tem a oportunidade de construir sua carreira de maneira enorme. Isso porque, com apenas 24 anos, é querido pelo clube e por sua torcida. Sair para o Barcelona, PSG ou Real Madrid seria recomeçar e ter que reconstruir essa relação do zero.

Além disso, Richarlison não seria mais indispensável como é atualmente. Claro que o clube inglês tem condições financeiras de substituí-lo, mesmo sem o dinheiro de sua saída, mas falta o mais importante: a motivação. Hoje, não há motivos para Richarlison sair, nem para seu time vendê-lo. Com o Everton, há chances reais de chegar às competições europeias nos próximos anos. É uma equipe que está na Premier League há muito tempo e conhece bem a competição

Everton pode dá-lo algo que os outros clubes podem não ser capazes

Por fim, o Everton pode dar ao Richarlison algo que os outros clubes podem não ser capazes. O respeito com sua carreira e o carinho que vem com ele é um conjunto que pode faltar nos outros lugares. Um bom exemplo disso é a venda de Jack Grealish pelo Aston Villa. O inglês foi vendido por 100 milhões de libras ao Manchester City em 2021. Segundo dito à imprensa depois de sua saída, o desejo de jogar a Champions League era muito grande, e o atleta queria ser titular pela seleção. Assim, o atleta saiu do Villa, onde estava desde criança.

Com isso, Grealish precisou construir do zero sua relação com o time e com a torcida e vem tendo certas dificuldades para se firmar no time. Em Birmingham, Grealish era amado. Em Manchester, é – por enquanto – apenas mais um. Dentro de campo, não é mais a estrela. Hoje, é uma das estrelas. Ainda assim, é de se esperar que o atleta conquiste seu espaço e seu destaque com o tempo.

Pelo lado do brasileiro, a situação é diferente. Richarlison já é figurinha carimbada no time de Tite, além de fazer parte de um elenco que é mais maduro do que o do Aston Villa, ou seja, é mais provável para seu time alcançar a Liga dos Campeões. Assim, o camisa 7 pode sair do Everton, mas os dois parecem ter uma relação especial. Por isso, mostra que o brasileiro não quer sair de Liverpool. Afinal, Richarlison está em casa, e sua saída pode sim acontecer eventualmente. Ainda assim, se for para sair, mostrou que será pela porta da frente, nos braços dos Toffees.