Adidas vira dor de cabeça para jogadores do Manchester United

4 minutos de leitura

Jogador acusado de violência doméstica, brigas públicas entre atleta e treinador, lesões a rodo em pilares da equipe… os problemas não param na temporada 2023/24 do Manchester United. O mais recente tem relação com os uniformes.

O “Daily Mail” divulgou que os jogadores do United têm reclamado para Erik Ten Hag que os meiões fornecidos pela Adidas, que fabrica os uniformes do clube, são muito apertados na região da panturrilha.

Alguns jogadores cortam buracos na parte de trás da meia, mas nem isso foi o suficiente. Para solucionar, os atletas têm usado meiões iguais aos disponíveis para a compra de torcedores desde a derrota para o Tottenham, em 19 de agosto.

Vale ressaltar que os meiões em questão não possuem a parte dos pés — são semelhantes a uma manga de camisa, só que para a perna. Os jogadores costumam usar ela com uma meia até o tornozelo, que consideram dar mais apoio e aderência.

Onana também reclama de fornecedora do United

O goleiro André Onana tem uma reclamação parecida sobre o mesmo assunto, também de acordo com o “Daily Mail”.

O camaronês, contratado na última janela e titular da equipe, também está usando uma camisa da Adidas que é réplica da oficial. Isso porque Onana achou que a versão de jogador, disponibilizada pela fornecedora apenas para os atletas, estava muito apertada.

O titular trocou a camisa oficial pela versão dos torcedores depois do jogo contra o Sheffield United, em 21 de outubro. A curiosidade é que, na última temporada, o então goleiro David De Gea chegou a reclamar que a camisa da Adidas estava muito folgada para o seu gosto.

Nem a Adidas e nem o United comentaram o assunto para a imprensa inglesa. A empresa alemã deve resolver os problemas durante o próximo mês, quando são esperados “pequenos ajustes” no fornecimento de uniforme para os Red Devils.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista nascido em Campinas, morador de São Paulo e formado pela ECA-USP. Subcoordenador da PL Brasil desde 2023. Cobri Copa América, Copa do Mundo e Olimpíadas no EL PAÍS, eleições nacionais na Revista Veja e fui editor de conteúdo nas redes sociais do Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]