A relação de Lewis Hamilton com o futebol

Um dos maiores pilotos de todos os tempos torce para o Arsenal

0
585
Lewis Hamilton Arsenal

Lewis Hamilton, o primeiro e único piloto negro da Fórmula 1, se tornou heptacampeão mundial da modalidade. Com o feito, ele se consagra cada vez mais como um dos maiores de todos os tempos, dentro e fora das pistas. Mas isso, muita gente sabe.

O que poucos têm conhecimento é de que o piloto tem uma forte ligação com o futebol. Torcedor declarado do Arsenal, Lewis estudou com Ashley Young e já foi indicado pelo ex-técnico, Arsène Wenger, como um possível reforço para os Gunners. 

Histórias semelhantes, esportes diferentes 

Lewis-Hamilton
MIGUEL MEDINA/POOL/AFP via Getty Images

As histórias de Lewis Hamilton e Ashley Young se cruzam em diversos momentos. Ambos nasceram na mesma cidade, Stevenage, no leste da Inglaterra e no mesmo ano, 1985. Entretanto, as coincidências não param por ai: os dois estudaram na mesma escola, jogaram no mesmo time de futebol e na mesma posição. 

Aos 12 anos, Lewis e Ashley atuavam como meio-campistas do John Henry Newman School. Olhando para a carreira dos dois hoje em dia, fica fácil deduzir quem se saia melhor jogando futebol. Mas cuidado, nesse caso as aparências podem enganar.

Em uma entrevista concedida ao Telegraph, Hamilton afirmou que era mais veloz e forte do que Ashley. Contudo, o piloto admite que o atual jogador da Internazionale tinha mais habilidade com a bola do que ele. Entretanto, optou pelo automobilismo, enquanto Ashley seguiu no futebol.

Agora, além de todas as semelhanças, a histórias dos dois se cruzam por ambos terem construído uma carreira de inúmeras vitórias e títulos.

Lewis Hamilton Arsenal

Lewis Hamilton jogador do Arsenal?

Se dependesse do técnico, Arsène Wenger, a resposta seria sim. Essa história aconteceu na temporada 2017/2018, a última de Wenger no comando do Arsenal. Segundo Lewis Hamilton, o técnico tinha lhe convidado para treinar com a equipe. Essa teria sido uma bela oportunidade para descobrirmos se o piloto é realmente bom no futebol.

Leia mais: Revemos a primeira temporada de Arsène Wenger no Arsenal

Entretanto, devido a um desencontro de datas, a participação do piloto nos treinos do Arsenal não aconteceu. O técnico deixou o comando da equipe no final daquela temporada, após 22 anos de trabalho. Hamilton afirmou que acompanha a carreira de Wenger desde os cinco anos e que nutre admiração pelo técnico.

Habilidades comprovadas

Ver Lewis Hamilton jogando no Arsenal teria sido uma ótima experiência, mas não precisamos dela para comprovar as habilidades do piloto com o futebol. Isso porque, em 2015, Hamilton recebeu convite pela Sky Sports para participar de um jogo beneficente.

O adversário foi um time comandado por ninguém menos que Thierry Henry. Claro, o francês é considerado por muitos o maior jogador da história do Arsenal. Entretanto, Hamilton não deixou se abalar por ter a lenda como adversário. Ele fez bonito em campo e ajudou seu time com duas assistências.

Leia mais: Montamos a seleção do Arsenal no século XXI 

A partida terminou empatada por 5 a 5, mas a equipe de Henry se saiu melhor nas cobranças de pênalti e levou o troféu para casa. Além disso, Hamilton participou de um desafio do canal F2Freestylers, onde também mostrou suas habilidades com o futebol freestyle.