A má fase de Roberto Firmino no Liverpool

Atacante brasileiro já viveu épocas melhores com a camisa dos Reds

0
639
firmino fase
PETER POWELL/POOL/AFP via Getty Images

Roberto Firmino chegou ao Liverpool em junho de 2015 e, desde então, se tornou uma peça fundamental ao elenco, especialmente quando o técnico Jurgen Klopp passou a utilizá-lo como um falso 9. Em sua primeira temporada na Premier League, 2015/2016, o brasileiro foi o artilheiro dos Reds com dez gols e também liderou no quesito de assistências, com sete.

Na temporada seguinte (2016/2017), Firmino, que passou a utilizar a camisa 9 após a chegada de Mohammed Salah, terminou a temporada com 12 gols e oito assistências em 32 partidas disputadas.

As temporadas 2017/2018 e 2018/2019 podem ser consideradas as ‘épocas de ouro’ de Roberto Firmino com a camisa dos Reds, já que o centroavante brasileiro teve suas maiores médias de gols por jogo e foi uma peça fundamental para a conquista do sexto título da Uefa Champions League na edição 2018/2019.

Na temporada passada, Firmino contribuiu com 12 gols e 12 assistências, ficando atrás neste último aspecto apenas de Trent Alexander-Arnold, que alcançou o número de 15 passes para gol, ou seja, apesar dos números inferiores aos de edições anteriores, o brasileiro teve uma participação importantíssima na quebra do jejum de três décadas sem títulos do Liverpool na Premier League.

Conexão de jogo, percepção e disciplina tática, precisão de passes, armação de jogadas, pressão em defesas adversárias e encontro de espaços para infiltração dos companheiros de equipe são as principais características que fazem com que Roberto Firmino seja peça chave na equipe comandada por Klopp.

Leia mais: Van Dijk custou caro, mas colocou o Liverpool em outro patamar

Neste ano, o brasileiro chegou a ficar três meses sem balançar as redes, encerrando esse jejum no dia 24 de outubro, quando marcou o segundo gol dos Reds na vitória por 2 a 1 contra o Sheffield United pela Premier League.

“Eu vinha de um bom tempo sem marcar, mas a prioridade sempre foi que o coletivo conseguisse os resultados”, declarou após a partida. Nos últimos 31 jogos, Firmino marcou apenas três gols, sendo apenas um marcado nesta temporada.

Além do único gol, o brasileiro distribuiu somente duas assistências, tendo participado ativamente de apenas três dos 28 gols marcados pelo Liverpool, ou seja, de apenas 11%. Enquanto isso, o português ex-Wolverhampton Diogo Jota já anotou sete gols em 11 partidas, desde que passou a vestir a camisa dos Reds. Esse início superou as expectativas até do mais otimista torcedor vermelho.

Leia mais: Fabinho: a solução caseira para os problemas de Jürgen Klopp

firmino fase
PETER POWELL/POOL/AFP via Getty Images

Jamie Carragher, ex-jogador e ídolo do Liverpool que agora trabalha como comentarista, disparou duras críticas ao brasileiro na Sky Sports. “Estamos nos perguntando (sobre Jota e Firmino) e mostra que algo está errado com Bobby. Acho que a última temporada não foi a melhor dele e ele começou mal esta temporada. Olhe para os números: Firmino não está nem perto de onde Salah e Mané estão”, analisou.

“Os torcedores do Liverpool aceitam isso porque ele recupera bolas, ele começa a pressão e é por isso que esse time é famoso. Mas o jogador que trouxeram para competir com ele (Diogo Jota) está fazendo gols. E isso é o que está em falta com Firmino”, afirmou Carragher.

Na goleada por 5 a 0 contra a Atalanta em partida válida pela fase de grupo da Champions League, Diogo Jota foi titular no lugar de Firmino e marcou um hat-trick. Isso aumentou os questionamentos diante da má fase do camisa 9 e a chegada empolgante do português principalmente por parte da imprensa inglesa.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

Jürgen Klopp defendeu Roberto Firmino de sua má fase, enaltecendo a importância do brasileiro na equipe do Liverpool. “Não vou perder tempo com isso. Em muitos jogos, Firmino fez a diferença. Muitas vezes não marcou gols, mas marcou em outras vezes. Me sentiria envergonhado se tivesse de citar todas as qualidades do Bobby. Não posso ajudar essas pessoas, peço desculpa. Se eles não veem isto, não posso ajudar”.

Apesar da má fase de Roberto Firmino no Liverpool, ele é muito importante para a equipe e Jürgen Klopp considera-o o “motor” do time, que ativa e estimula o sistema dos Reds. “Se ele perde a bola, ele luta por ela de volta. Se ele perde novamente, ele luta por isso. Ele se parece com o motor do time”.

Essa complicada fase se agravou com a chegada de Diogo Jota, que está passando por um início espetacular no Liverpool. A ascensão do português atrelada ao mau momento do camisa 9 traz dúvidas diante da titularidade do brasileiro no time.

Entretanto, a torcida dos Reds e o próprio Klopp confiam em Roberto Firmino e acreditam que ele possa voltar a apresentar um bom rendimento em campo. Sua inteligência para encontrar espaços na defesa adversária e orquestrar o setor ofensivo é necessária.

Média de gols de Firmino por temporada

2015/2016: 0,22 por jogo

2016/2017: 0,29 por jogo

2017/2018: 0,50 por jogo

2018/2019: 0,33 por jogo

2019/2020: 0,23 por jogo

2020/2021: 0,10 por jogo (até o momento)

Não há posts para exibir