10 jogadores que passaram pelo Liverpool e você talvez nem saiba

Craques, revelações, apostas furadas... Relembre alguns nomes que atuaram pelos Reds

Jogadores que passaram pelo Liverpool

A equipe da PL Brasil separou uma série de posts de 10 atletas que você nem se lembra que atuaram no futebol inglês. O post de hoje é sobre os jogadores que passaram pelo Liverpool e você provavelmente nem sabia que tinham vestido o uniforme dos Reds.

10 jogadores que passaram pelo Liverpool e você talvez nem saiba

Anelka

Jogadores que passaram pelo Liverpool Marcado por um excelente início de carreira, o jovem Anelka desembarcava em Anfield em 2002, após passagens por PSG, Arsenal e Real Madrid. Com 23 anos, o atacante francês chegava para sua segunda empreitada na Premier League, buscando o mesmo sucesso que conquistou nos Gunners.

Em Londres, Anelka marcou 17 gols na temporada 98/99 e conquistou o prêmio de Jovem do Ano. Sua passagem pelos Reds não foi assim tão expressiva, mas seus gols contribuíram para a campanha daquele ano, quando o Liverpol terminou na segunda posição.  Em 22 jogos, Anelka marcou cinco gols.

Mark González

(Foto: Reprodução/Getty)

O meia chileno teve uma curta estadia na cidade dos Beatles. Comprado junto ao Real Sociedad, Mark González chegou ao Liverpool na temporada 2006/07. Logo na primeira partida, González substituiu o ídolo Steven Gerard e marcou o gol da vitória contra o Maccabi Haifa, em partida válida pela Champions League. Após 33 jogos, o meia deixou o clube inglês e retornou ao futebol espanhol. Disputou 36 partidas pelo Liverpool.

Antonio Barragán

Revelado pelo Sevilla, o jovem lateral de 18 anos partiu rumo à Inglaterra ainda muito cedo. Antonio Barragán disputou uma partida pelo clube, ao substituir Fernando Morientes no jogo contra o CSKA Sofia, na Champions League de 2005.

Um ano após assinar seu contrato, o atleta retornou ao futebol de sua terra natal. Onze anos depois, Barragán retornou à Premier League para jogar no Middlesbrough.

 

 

Paletta

(Foto: Reprodução/Daily Mail)

Cria da excelente escola de zagueiros argentinos, Gabriel Paletta chamou a atenção após conquistar o título do Mundial sub-20 de 2005, sendo um dos destaques, juntamente com Messi e Aguero. No início de 2006, o jovem defensor assinava com os Reds, tornando-se o segundo argentino a vestir as cores do clube.

As expectativas eram as maiores. Jornalistas e especialistas apostavam que o Liverpool tinha contratado uma futura estrela, porém nada disso aconteceu. Uma temporada e oito jogos depois, Paletta regressava à Argentina para assinar com o Boca Juniors.

Mikel San José

Em 2009, e sem disputar nenhuma partida pela equipe principal, San José regressava ao clube basco, onde hoje faz parte do elenco.

Brad Friedel

(Foto: Reprodução/Getty)

O ex-goleiro norte americano fez história na Premier League. Com mais de 15 anos de Inglaterra, Friedel colecionou atuações por diversos clubes na terra da Rainha, entre eles o Liverpool. Foram três temporadas, sempre na condição de reserva de David James. Ao total, Friedel somou 31 jogos na meta dos Reds.

Christian Poulsen

Christian Poulsen
(Foto: Reprodução/Reuters)

Após rodar por grandes equipes do velho continente, o volante dinamarquês chegou ao Liverpool em 2010, no término da Copa do Mundo. Com uma vasta carreira internacional, as atuações de Poulsen não convenceram.

Um ano depois de sua chegada, a sua estadia no condado de Merseyside chegava ao fim. Ele disputou 21 jogos e não deixou saudades para os torcedores.

Jovanovic

(Foto: Reprodução/Getty)

Após quatro temporadas no Standart Liège, o sérvio chegou sem custos ao Liverpool, em julho de 2010. Indicado por Rafa Benítez, que já tinha saído para a Internazionale, Milan Jovanovic teve dificuldades para se adaptar ao futebol inglês. Dez jogos e poucas chances, terminava sua curta passagem por Anfield.

Leia mais: 10 jogadores que passaram pelo Leicester que talvez você nem saiba

Litmanen

(Foto: Reprodução/Liverpool FC)

Um dos grandes expoentes do futebol finlandês, Jeri Litmanen atuou por grandes clubes, entre eles o Liverpool. Contratado junto ao Barcelona, o meia desembarcou em Londres em 2001, gerando grandes expectativas. Eleito o terceiro melhor jogador do mundo em 1995, os torcedores esperavam boas exibições do meia-atacante.

Em 26 gols, Jeri marcou cinco vezes, oscilando bons e maus momentos. A sua passagem de uma temporada foi frustrante para a torcida, imprensa e próprio jogador.

Abel Xavier

(Foto: Reprodução/Getty)

Conhecido pelo estilo extravagante, o lateral português foi um marco no futebol europeu no início dos ano 2000. Contratado justamente do maior rival Everton, Abel Xavier participou de 14 partidas na temporada 2002/03. Por não agradar ao técnico Gerard Houllier, foi emprestado para o Galatasaray.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

Dezin Pergunta #01 – Recordes da Premier League