10 jogadores que passaram pelo Chelsea e você talvez nem saiba

Quaresma, Weah, Maniche... O Chelsea já teve bons nomes que não duraram um semestre com a camisa do clube

0
450
jogadores que passaram pelo Chelsea

A equipe da PL Brasil separou uma lista de 10 jogadores que passaram pelo Chelsea e talvez você nem se lembra.

10 jogadores que passaram pelo Chelsea e você talvez nem saiba

Ricardo Quaresma

quaresma-2-chelsea
(Reprodução/Facebook)

O talentoso meia português – conhecido por suas jogadas plásticas e toques de trivela – teve uma passagem relâmpago pelo Chelsea em 2009. Com 25 anos na época, Quaresma colecionava passagens por gigantes europeus como Porto, Barcelona e Inter de Milão, até assinar por empréstimo com o Chelsea na metade da temporada 2008/2009.

Já conhecido no futebol europeu, o luso estreou no dia 2 de fevereiro de 2009 com a camisa dos Blues e fez sua quinta e última partida no dia 21 de março do mesmo ano.

Mesmo sendo treinado por seu conterrâneo José Mourinho, na época, Quaresma foi considerado um dos maiores flops da história do Chelsea. No meio de 2009 ele retornou à Internazionale.

George Weah 

weah-chelsea
Divulgação

O melhor jogador do mundo de 1995 teve uma passagem pelo Chelsea no ano 2000 e não fez sucesso. Vindo de empréstimo do Milan em janeiro daquele ano, o liberiano marcou 3 gols na Premier League e atuou em apenas 11 partidas com a camisa azul.

Mesmo não fazendo um grande sucesso, a torcida do Chelsea pedia pela permanência de Weah, porém, o treinador Gianluca Vialli decidiu não assinar em definitivo com o atacante, que acabou como um relâmpago passando por Stamford Bridge e se transferindo ao Manchester City na temporada seguinte.

Glen Jhonson

glen-chelsea
Getty Images

O lateral Glen Johnson, ex-Liverpool e seleção inglesa, teve uma passagem relativamente longa pelo Chelsea. Foram três temporadas logo no início da Era Abramovich, entre 2003 e 2006.

Na época com 19 anos, assinou com os Blues vindo do West Ham por 6 milhões de libras e fez boas partidas em suas duas primeiras temporadas no clube, porém, após queda de rendimento na temporada 2005/2006, foi repassado ao Porstmouth por empréstimo e ficou no clube em definitivo na temporada seguinte. Pelo Chelsea foram 41 jogos e 4 gols.

Mineiro

mineiro-chelsea
Reprodução/Facebook

O volante assinou com o Chelsea na temporada 2008/2009 para substituir Michael Essien que havia se lesionado. O brasileiro, que na época já tinha 33 anos e fazia apenas sua segunda temporada no futebol europeu, não emplacou na Inglaterra.

Mineiro, que foi convocado pela seleção brasileira para a disputa da Copa do Mundo de 2006, iniciou apenas uma partida como titular em agosto de 2009 foi repassado ao Schalke 04. Foi um dos jogadores do Chelsea que não deixou saudade.

Maniche

COBHAM, UNITED KINGDOM - JANUARY 06: New Chelsea signing Maniche and manager Jose Mourinho pose for photos prior to a press conference at the Chelsea training ground on January 6, 2006 in Cobham, England. (Photo by Julian Finney/Getty Images) *** Local Caption *** Maniche;Jose Mourinho
Reprodução/Twitter

Outro português que assinou com o Chelsea durante a primeira passagem de José Mourinho pelo clube foi Maniche.

O português disputou a Euro-2004 pela seleção lusitana e participou do título da UEFA Champions League da temporada 2003/2004 com o Porto sob o comando do próprio Mourinho.

Vindo por empréstimo do Dinamo Moscou em janeiro de 2006, Maniche disputaria vaga na equipe com Essien, Lampard e Makelélé, que eram os titulares dos Blues.

Com apenas oito partidas pelo Chelsea e nenhum gol marcado, o meia português não agradou Roman Abramovich que não exerceu o direito de compra junto ao clube russo.

Yossi Benayoun

benayoun-chelsea
Reprodução/Chelsea FC

O israelense assinou com o Chelsea por 5,5 milhões de libras em 2010 após três temporadas no Liverpool.

O meia herdou a camisa 10 dos Blues e teve um início relativamente promissor com a camisa azul. Benayoun estreou na derrota por 3 a 1 diante do Manchester United pela Supercopa da Inglaterra no dia 8 de agosto de 2010.

No dia 21 do mesmo mês, marcou seu primeiro – e único – gol pelo Chelsea e vinha fazendo boas partidas até se lesionar gravemente no dia 22 de setembro, quando fraturou o tendão de aquiles em uma partida contra o Newcastle.

O israelense disputou 14 partidas e marcou um único gol pelos Blues até que, na temporada 2011/2012, se transferiu por empréstimo ao Arsenal.

Scott Parker

parker-chelsea
PA Images

O volante já foi um dos mais promissores meio-campistas da Inglaterra no início do século. Revelado pelo Charlton, Parker foi adquirido pelo Chelsea em janeiro de 2004 para compor o elenco da equipe que seria campeã inglesa na temporada seguinte.

Parker teve certa regularidade com a camisa do Chelsea até fraturar um dos dedos do pé contra o Norwich já na temporada 2004/2005.

Entre jogos da Copa da Liga Inglesa, da Champions League e da Premier League, Parker atuou em 15 partidas com a camisa azul e marcou um gol. Em 2005 deixou o clube e foi para o Newcastle.

Fabio Borini

borini-chelsea
Action Images

O atacante italiano foi contratado pelo Chelsea aos 16 anos ainda nas divisões de base do Bologna. Borini foi artilheiro da equipe sub21 do Chelsea em 2008/2009 com 10 gols em 11 partidas, e na temporada 2009/2010 foi incorporado à equipe profissional do clube pelo treinador Carlo Ancelotti.

Ele estreou com a camisa do clube no dia 20 de setembro de 2009 contra o Tottenham ao substituir Nicolas Anelka, porém, Borini nunca iniciou uma partida pelo Chelsea.

Foram quatro partidas em 2009 e uma operação de hérnia, que o retirou de combate por vários meses. Em 2011, o italiano se transferiu por empréstimo ao Swansea.

Emmanuel Petit

petit-chelsea
Getty Images

O Chelsea foi o segundo clube inglês na carreira do meia francês, conhecido por ser um dos carrascos do Brasil na Copa do Mundo de 1998. Petit se transferiu em 2001 para o Chelsea vindo do Barcelona por 7,5 milhões de libras, mas não fez o sucesso que se esperava.

Petit fez uma boa primeira temporada com a camisa azul, mas já na segunda acompanhou a evolução do jovem Frank Lampard que tomou seu espaço na equipe.

Em 2004, seu ultimo ano de contrato, Petit teve uma séria lesão no joelho e ficou livre para se transferir para outro clube na temporada seguinte, mas decidiu se aposentar após reprovar nos exames médicos feitos no Bolton Wanderes. Foram 55 jogos e 2 gols pelo Chelsea.

Claudio Pizarro

pizarro-chelsea
PA Images

Foi o primeiro peruano a vestir a camisa do Chelsea na história. Pizarro havia feito sucesso no Werder Bremen e no Bayern de Munique e chegou ao clube para disputar a titularidade com Drogba.

Porém, a seca de gols e as partidas ruins fizeram o sul-americano viver nas sombras do marfinense de 2007 a 2009, quando voltou para o futebol alemão.

O Chelsea foi o único clube de fora da Alemanha na carreira europeia de Pizarro. Foram 21 partidas e apenas dois gols pelos Blues

Leia mais: Confira lista com os recordes da Premier League!

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • E se o Southampton não tivesse vendido seus jogadores?