10 destaques da Championship 2020/2021

O objetivo foi listar um jogador por equipe, sem repetir times

0
1285
destaques championship
Richard Heathcote/Getty Images

A Championship vem ganhando destaque a cada temporada, atrai diversos jogadores e também revela destaques interessantes que podem aparecer na Premier League.

Nós, da PL Brasil, listamos dez jogadores que vem mostrando um ótimo futebol na atual temporada e podem pintar na primeira divisão. O objetivo foi listar um jogador por equipe, por mais que algumas tenham mais de um destaque na temporada.

10 destaques da Championship 2020/2021

Adam Armstrong – 23 anos – Blackburn Rovers

Fruto da base do Newcastle, o atacante não teve tantas oportunidades no clube de sua cidade natal, onde fez apenas 21 jogos em cinco temporadas. Após empréstimos para Coventry City, Barnsley e Bolton Wanderers, foi comprado em definitivo pelo Blackburn na temporada 2018/2019, após seis meses de empréstimo na mesma equipe que conquistou o acesso à Championship.

Armstrong se destaca pela velocidade e por ser um excelente finalizador. São 17 gols que o colocam como um dos artilheiros da competição e peça fundamental dos Riversiders na luta pelo acesso.

Ivan Toney – 24 anos – Brentford

Após a venda de Ollie Watkins para o Aston Villa, o Brentford não perdeu tempo e contratou o artilheiro da League One 2019/20, Ivan Toney. Revelado no Northampton Town e contratado junto ao Newcastle, teve assim como Armstrong, poucas oportunidades. Ele acabou emprestado a diversas equipes até ser comprado pelo Peterborough, onde foi destaque absoluto.

Na atual temporada são 22 gols marcados, tal qual Armstrong. Veloz e com bom posicionamento, tem sido essencial para os Bees, que estão na briga para chegar à Premier League.

Michael Olise – 19 anos – Reading

O time do brasileiro Rafael Cabral tem feito bom início de Championship, apesar da queda de rendimento nos últimos jogos. Além do ex-Santos, um bom nome do atual time é o ponta francês. Ele teve passagens pela base do Chelsea e Manchester City, até chegar ao Reading em 2016. Apesar de ter jogado pela base da França, está elegível pela Inglaterra e pela Nigéria também.

Versátil, podendo atuar como meia armador ou como ponta, tem quatro gols e oito assistências na atual temporada, chamando atenção e atraindo interesse da Premier League.

Leia mais: 7 jogadores que estão na Championship e você não sabia

Emiliano Buendía – 24 anos – Norwich City

O meio-campista argentino foi um dos poucos destaques da equipe rebaixada na última temporada. Na atual, vem mostrando a qualidade já conhecida em parceira com o centroavante finlandês Teemu Pukki.

Um raro exemplo de camisa 10 clássico no futebol atual, criativo e inteligente, Buendia já foi alvo de equipes da Premier League na temporada. Mas ele continua nos Canários que lutam para retornar à elite do futebol inglês.

Leia mais: A epopeia do Norwich na Copa da Uefa 1993/94

Freddie Woodman – 23 anos – Swansea City

O jovem goleiro, emprestado pelo Newcastle ao clube galês desde a última temporada é tido como um dos mais promissores da posição nos últimos anos. Luva de Ouro na Copa do Mundo sub-20 em 2017, essencial na conquista do título pela Inglaterra, é filho do ex-goleiro Andy Woodman e afilhado de Gareth Southgate. Uma curiosidade é que os dois escreveram um livro relatando suas memórias sobre o futebol.

Com 15 clean sheets, é também o goleiro menos vazado da competição com 14 gols sofridos em 23 partidas disputadas. Se Jamal Lowe resolve no setor ofensivo, Woodman é um pilar na defesa. Trata-se de um goleiro ágil, que sabe comandar a área e bom com os pés e espera-se que o Newcastle possa aproveitá-lo no futuro ou negociá-lo a um ótimo preço.

Dominic Solanke – 23 anos – Bournemouth

O centroavante inglês parece finalmente ter encontrado a melhor forma na Championship. Comprado pelos Cherries por cerca de 19 milhões de libras, não convenceu na Premier League. Na segunda divisão, parece ter recuperado o bom futebol visto nas seleções de base da Inglaterra.

São 10 gols na atual temporada, bem mais que os quatro que marcou na temporada passada contando todas as competições. Forte e bom no jogo aéreo, é uma das boas peças do time para voltar à Premier League.

Cauley Woodrow – 26 anos – Barnsley

Revelado pelo Luton Town, foi o primeiro jogador da non-league desde 1970 a chegar as seleções de base da Inglaterra em 2011. Após chegar ao Fulham teve algumas oportunidades mas nunca se firmou de vez até chegar a equipe do Barnsley em 2018, inicialmente por empréstimo que se transformou em transferência definitiva em janeiro de 2019.

Atacante alto e de movimentação, tem nove gols marcados até agora na Championship. É um dos destaques na recuperação do time após a chegada do treinador Valerien Ismäel.

Leia mais: A única participação do Barnsley na Premier League

Dael Fry – 23 anos – Middlesbrough

O jovem zagueiro revelado nas categorias de base do Boro vem já a algumas temporadas chamando atenção por sua qualidade. Em uma das principais defesas da temporada, o time comandado por Neil Warnock surge como candidato a lutar pelos playoffs da competição.

Alto, tranquilo com a bola nos pés, tem contrato com a equipe do norte da Inglaterra até 2023 e passou por todas as seleções de base da Inglaterra. Parece que agora é o momento para dar o salto em sua carreira, quem sabe migrando para uma equipe da Premier League.

Ismaila Sarr – 22 anos – Watford

O ponta senegalês chegou aos Hornets como a contratação mais cara da história do clube, cerca de 30 milhões de libras pagas a equipe do Rennes. Apesar do rebaixamento do clube de Hertfordshire, permaneceu e segue sendo importante na Championship 2020/2021.

São quatro gols na atual campanha do clube na segundona. Veloz, com bons dribles, tem seu nome sempre colocado no interesse de equipes da primeira divisão. Dentre eles, o Liverpool, no qual foi “carrasco” na última temporada, marcando dois gols e dando uma assistência na surpreendente vitória.

Jake Cooper – 25 anos – Milwall

O zagueiro de quase dois metros é figura importante no Millwall, onde está desde o ano de 2017, e é um dos destaques da Championship. Recentemente, renovou seu contrato até 2023 e, apesar da campanha ruim do seu time, aparece como um dos destaques na Championship.

Imponente na bola aérea e tranquilo com a bola nos pés, o zagueiro canhoto tem tudo para ser uma boa opção para equipes da Premier League. Apesar de ter mais dois anos de contrato, dificilmente ficará por tanto tempo no Millwall.