West Ham - Andy Carroll
Com 29 gols, Andy Carroll é um dos poucos acertos da gestão Gold/Sullivan no West Ham (Foto: Divulgação/West Ham United)

Desde que foi comprado pela dupla David Gold e David Sullivan, em janeiro de 2010, o West Ham contratou 31 atacantes, que marcaram 128 gols em 643 jogos – uma média de quatro gols por cada atacante contratado. Nomes como Andy Carroll, Diafra Sakho e Enner Valencia chamaram mais atenção, mas por certo a (falta) produtividade de Simone Zaza, Mido e Wellington Paulista (!) não deixou saudade.

VEJA TAMBÉM:
“Eu queria ter ido para o Chelsea”, relembra Robinho
Por que os brasileiros não são protagonistas no futebol inglês?
‘Gostaria de ter jogado com o Romário’, diz Nolito
Com dois brasileiros, Yaya Touré monta “seleção dos sonhos”

A janela de janeiro de 2017 marcou o completo desespero da equipe comandada por Slaven Bilic por um artilheiro, já que as constantes lesões de Carroll e a seca de gols de Zaza estavam empurrando os Hammers para a zona de rebaixamento. Jonathan Calleri, artilheiro nos tempos de São Paulo e Boca Juniors, nem pode ser avaliado dignamente, pois praticamente não foi utilizado pelos londrinos. Pra se ter uma ideia, nenhum atacante do West Ham havia marcado um gol sequer no campeonato até 27 de novembro.

As tentativas de reforçar o ataque em janeiro foram consideráveis, incluindo propostas importantes por Scott Hogan, ex-Brentford e agora no Aston Villa, e histórico prata-da-casa Jermain Defoe, que carrega o Sunderland nas costas. Se levarmos em conta o início da temporada, nomes como Carlos Bacca, Alexandre Lacazette e Michy Batshuayi também foram tentados. No fim das contas, o clube acabou comprando o zagueiro José Fonte (Southampton) e o meia Robert Snodgrass (Hull City).

West Ham - Jermain Defoe
Que saudade do Defoe, hein West Ham? (Foto: Reprodução)

Entre 2010 e 2017, pode-se dizer que o West Ham tentou de tudo: desde contratações misteriosas (quase esotéricas, pra alguns) na América do Sul com Brian Montenegro e Wellington Paulista, até empréstimos de nomes conhecidos do futebol europeu, mas que não emplacaram, como Marouane Chamakh, Marco Borriello e Emmanuel Emenike. Se não levarmos em conta os atacantes contratados para os times de base, e incluirmos Calleri e Zaza, quase um terço deixou a equipe sem balançar as redes.

West Ham - Wellington Paulista
Wellington Paulista no West Ham: o FM da vida real (Foto: Divulgação/West Ham United)

Dos 31 atacantes, apenas quatro atingiram os dois dígitos em gols: Sakho (20 em 52 jogos), Carroll (29 em 104 jogos), Frederic Piquionne (11 em 62 jogos) e Valencia (10 em 68 jogos). Desde que voltou à primeira divisão em 2012, de todos os contratados por empréstimo, apenas Carroll foi contratado em definitivo.

Você é capaz de lembrar todos os 31? O PLBR dá uma mão pra você:

Atacantes contratados após a compra do clube por Gold e Sullivan

1.ILLAN, free-agent, janeiro de 2010, 4 gols em 11 jogos, dispensado em maio de 2010;

2. BENNI MCCARTHY, £2.2m, janeiro de 2010, 0 gols em 14 jogos, dispensado em abril de 2011;

3. MIDO, empréstimo, janeiro de 2010, 0 gols em 9 jogos, empréstimo cancelado em maio de 2010;

4. FREDERIC PIQUIONNE, £1m, julho de 2010, 11 gols em 62 jogos, dispensado em março de 2013;

5. VICTOR OBINNA, empréstimo, agosto de 2010, 8 gols em 32 jogos, empréstimo 2encerrado em maio de 2012;

6. DEMBA BA, não revelado, janeiro de 2011, 7 gols em 13 jogos, dispensado em maio de 2012;

7. PAUL MCCALLUM, £640.000, janeiro de 2011, 0 gols em 0 jogos, negociado com o Leyton Orient em maio de 2015;

8. ROBBIE KEANE, empréstimo, janeiro de 2011, 2 gols em 10 jogos, empréstimo encerrado em maio de 2012.

West Ham rebaixado para a Championship (2ª divisão) em maio de 2011

9. BRIAN MONTENEGRO, empréstimo, agosto de 2011, 0 gols em 1 jogo, empréstimo encerrado em maio de 2012;

10. JOHN CAREW, free-agent, agosto de 2011, 2 gols em 21 jogos, dispensado em maio de 2012.

11. SAM BALDOCK, £2.4m, agosto de 2011, 5 gols em 24 jogos, negociado com o Bristol City em agosto de 2012;

12. NICKY MAYNARD, £1.7m, janeiro de 2012, 3 gols em 17 jogos, negociado com o Cardiff City em agosto de 2012.

West Ham promovido à Premier League em maio de 2012

13. SEAN MAGUIRE, não revelado, janeiro de 2013, 0 gols em 0 jogos, negociado com o Dundalk em 2015;

14. ANDY CARROLL, empréstimo, agosto de 2012, 7 gols em 24 jogos, contratado em definitivo por £15m em junho de 2013

15. MODIBO MAÏGA, £4.5m, junho de 2013, 8 gols em 45 jogos, negociado com o Al Nassr em agosto de 2015;

16. WELLINGTON PAULISTA, empréstimo, janeiro de 2013, 0 gols em 0 jogos, empréstimo cancelado em maio de 2013;

17. MAROUANE CHAMAKH, empréstimo, janeiro de 2013, 0 gols em 3 jogos, empréstimo encerrado em maio de 2013;

18. DANNY WHITEHEAD, free-agent, junho de 2013, 0 gols em 1 jogo, negociado com o Accrington Stanley em 2015;

19. MLADEN PETRIC, free-agent, setembro de 2013, 0 gols em 4 jogos, dispensado em janeiro de 2014;

20. CARLTON COLE, recontratado em outubro de 2013, 10 gols em 57 jogos, dispensado em 2015;

21. MARCO BORRIELLO, empréstimo, janeiro de 2014, 0 gols em 2 jogos, empréstimo encerrado em maio de 2015;

22. JAANAI GORDON, não revelado, janeiro de 2014, 0 gols em 0 jogos, emprestado ao Newport County em janeiro de 2017;

23. MAURO ZARÁTE, free-agent, maio de 2014, 7 gols em 29 jogos, negociado com a Fiorentina em janeiro de 2016;

24. DIAFRA SAKHO, £3.5m, agosto de 2014, 20 gols em 52 jogos;

25. ENNER VALENCIA, £12m, julho de 2014, 10 gols em 68 jogos, emprestado ao Everton em agosto de 2016;

26. NIKICA JELAVIC, £2.8m, agosto de 2015, 2 gols em 15 jogos, negociado com Beijing Renhe em fevereiro de 2016;

27. EMMANUEL EMENIKE, empréstimo, janeiro de 2016, 2 gols em 16 jogos, empréstimo encerrado em maio de 2016;

28. SIMONE ZAZA, empréstimo, agosto de 2016, 0 gols em 9 jogos, empréstimo encerrado em janeiro de 2017;

29. JONATHAN CALLERI, empréstimo, agosto de 2016, 0 gols em 9 jogos;

30. ANTONIO MARTÍNEZ, £2.4m, julho de 2016, 0 gols em 0 jogos, emprestado ao Oxford United;

31. ASHLEY FLETCHER, free-agent, julho de 2016, 1 gols em 16 jogos.

—–

COM INFORMAÇÕES COLETADAS EM:
The Guardian (Jacob Steinberg);
BBC Sport.

SHARE
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e apaixonado por futebol - especialmente o inglês. Co-administrador do site Premier League Brasil

1 COMMENT

LEAVE A REPLY