O treinador Eddie Howe, em entrevista ao “The Premier League Show“, da BBC, disse acreditar que os técnicos britânicos “precisam provar que são bons o suficiente” para a Premier League.

O inglês de 38 anos, no Bournemouth desde 2012, é um do sete britânicos que ainda dirigem clubes na primeira divisão inglesa.

Em maio, o agora técnico da Inglaterra, Sam Allardyce, afirmou temer que em breve não teríamos mais técnicos ingleses na Premier League.

Howe, no entanto, disse ser a favor “da melhor pessoa [para o cargo]”, independente da nacionalidade.

“Não tenho problema com o fato da Premier League não ter tantos técnicos ingleses, ou britânicos, quanto deveria. Acredito que nós [britânicos] temos que provar que somos bons o suficiente para estes trabalhos”, disse Howe ao ex-jogador e apresentador, Gary Lineker.

Howe comandou o Bournemouth a dois acessos em três temporadas desde que retornou para uma segunda passagem nos Cherries em 2012. Em 2015, a equipe sulista chegou à Premier League pela primeira vez. Chegou a ser cogitado para assumir a seleção inglesa, embora admita que dirigir o English Team não está entre seus objetivos no presente.

“Acredito que o cargo de técnico da Inglaterra é o principal. Eu nunca diria não, mas não é algo que quero considerar [no momento]”, disse Howe. “Não é algo que nos meus objetivos imediatos. Meus objetivos imediatos estão relacionados com o clube e este trabalho.”

SHARE
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e apaixonado por futebol - especialmente o inglês. Co-administrador do site Premier League Brasil

LEAVE A REPLY