Ele é um dos maiores traidores do mundo do futebol. Bem, isso segundo os torcedores do Tottenham. Traidor ou não, Sol Campbell é sempre lembrado na Inglaterra por ter trocado a idolatria nos Spurs para jogar no arquirrival Arsenal.

Leia mais:
Top 10 vira-casaca do futebol inglês!
Contamos a incrível campanha dos ‘Invincibles’, que fizeram história na Inglaterra
43 brasileiros já balançaram as redes na Premier League; veja lista!

Sendo o mais novo de 12 filhos, Campbell vivia com sua família em um área pobre e perigosa em Plaistow e, como tantos outros jogadores, viu no futebol uma ferramenta para se isolar dos problemas.

Após uma breve passagem pela academia do West Ham, entrou para a base do Tottenham sonhando em virar profissional. A sua estreia na equipe principal não poderia ser melhor. Com um gol do jovem zagueiro, os Spurs bateram o rival Chelsea por 2 a 1.

Sol Campbell ficou longos nove anos – entre 1992 e 2001 – vestindo a camisa do Tottenham 315 vezes e ajudou o clube a conquistar a Copa da Liga Inglesa de 1999, com a braçadeira de capitão. Chegou, inclusive, a ser eleito para o Time da Temporada, em votação realizada pela Associação dos Jogadores Profissionais (PFA, em inglês).

sol campbell tottenham

A respeitável carreira de Campbell no Tottenham foi encerrada justamente em uma partida… contra o Arsenal. A última vez que o zagueiro atuou com a camisa dos Spurs foi no clássico contra os Gunners, pela semifinal da Copa da Inglaterra de 2001, vencida pelo rival.

A partir daí, o contrato de Campbell com o Tottenham expirou. A diretoria ofereceu uma proposta que o faria ser o jogador com o maior salário da história do clube. As negociações demoraram e viraram uma novela.

sol campbell judas tottenham

Apesar de, primeiramente, o zagueiro dizer que ficaria no clube, Campbell revelou que gostaria de jogar a Champions League, competição que o Tottenham não disputava. Com isso, vários clubes de fora da Inglaterra começaram a se interessar pelo jogador. A dúvida sobre o futuro de Campbell pairava no ar e a transferência para o seu novo clube pegou todos de surpresa. Enquanto o Arsenal estava para anunciar o goleiro Richard Wright, sem muito alarde, eis que Sol Campbell aparece na sala de coletiva do clube como nova contratação.

Sol Campbell Arsenal Tottenham Judas

Ao trocar o Tottenham, os torcedores passaram a chamá-lo de Judas, fizeram músicas para criticá-lo e fizeram dele o novo vilão favorito. Sempre que jogava em White Hart Lane, a arquibancada reagia feroz ao ex-ídolo.

Pelo Arsenal, Campbell ganhou duas vezes a Premier League e a Copa da Inglaterra, além do vice-campeonato da Champions League em 197 aparições.

SHARE
Ex-Esporte Interativo e ex-trainee do Estadão, formado em Jornalismo e Sociologia. Apaixonado pela Premier League. Twitter: @pedrohnramos

LEAVE A REPLY