Imagine que Zidane, Xavi, Pirlo e Thierry Henry rasgam elogios a um determinado jogador. Impossível discordar da opinião de um quarteto tão talentoso quanto esse, certo? Bem, não é tão fácil assim.

Paul Scholes é um dos grandes craques da história do futebol inglês. Cria e ídolo do Manchester United, o pequeno meio-campista se destacava pelos lançamentos milimétricos e precisão no chutes de longa distância.

Veja mais:
Viaje neste mapa pelas cidades e estádios da Premier League!
Por que um bombardeio em Manchester fez com que United e City dividissem o mesmo estádio?
Dez jogadores que passaram pelo Manchester United e talvez você nem saiba

Apesar do sucesso em seu país natal, Scholesy não goza de tanto prestígio fora dele, principalmente, se considerarmos que Giggs e Beckham são mundialmente reconhecidos como grandes jogadores.

A desconfiança sempre foi um obstáculo a ser superado na vida do baixinho Paul. O técnico Alex Ferguson revelou que, na primeira vez que viu Scholes atuando na base do clube, cornetou o jovem atleta para seu assistente Jim Ryan: “Ele não tem a menor chance, ele é um anão“.

Bem, Ferguson logo reconheceu o erro ao acompanhar apenas minutos de Scholes em campo e reconheceu a qualidade do atleta. Cabe agora você, caro leitor, a repensar um pouco sobre a carreira de Scholes. Olha aí o que grandes craques já falaram dele.

Zidane: “Ele é praticamente intocável no que faz. Eu nunca cansava de vê-lo jogar. É difícil você ver um atleta ser completo, mas o Scholes esteve muito próximo disto”.

Thierry Henry: “Eu não acho que ele recebe o reconhecimento que merece. Ele é um dos melhores, se não o melhor jogador, que eu já joguei contra. Ele poderia fazer tudo. Se eu tivesse um Scholes no meu time, tudo seria em volta dele”.

Xavi: “Nos últimos 15, 20 anos, o melhor meio-campista que eu vi – o mais completo – foi o Scholes. Já conversei várias vezes com o Xabi Alonso sobre isso. O Scholes é um jogador espetacular que tem tudo. Ele sabe dar passes finais muito bem, marca gols, é forte, nunca ninguém consegue tirá-lo da jogada e ele não perde a bola com facilidade. Se ele fosse espanhol, teria sido mais apreciado”.

Pirlo: “Um dos melhores jogadores de todos os tempos. Um gênio dentro de campo, mas com perfil privado fora dele. Tenho muito respeito por Scholes”.

Bobby Charlton: “Scholes é o meu jogador favorito do Manchester United de todos os tempos. Se eu resumisse ele em duas palavras seriam instinto e visão de jogo. Ele tem o instinto de prever onde os jogadores vão estar e a visão para dar o passe inesperado”.

E aí, tá bom pra você?

SHARE
Trabalho no Esporte Interativo e sou formado em Sociologia (UFRJ) e Jornalismo (FACHA). Twitter: @pedrohnramos

LEAVE A REPLY