Goleiro: Heurelho Gomes (Watford)

Gomes foi um dos destaques da partida entre Arsenal e Watford, no Emirates Stadium. O goleiro brasileiro fechou o gol e foi autor de 4boas defesas contra os Gunners. Jakupović, do Hull City, também foi muito bem na rodada. O arqueiro bósnio pegou tudo contra o Manchester United, mas ficamos com Gomes pela importância do resultado. Não é todo dia que o modesto Watford derrota o poderoso Arsenal fora de casa, né?

Lateral direito: Matthew Lowton (Burnley)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Em uma rodada em que poucos laterais direitos se destacaram nos confrontos, Matthew Lowton compõe a posição em nossa seleção. O defensor do Burnley foi seguro e ajudou o Burnley a sair de casa com o seu sexto clean sheet na competição. Lowton contribuiu com 8 duelos ganhos e 3 interceptações.

Zagueiro: David Luiz (Chelsea)

(Foto: Reprodução/Premier League)

David Luiz vem fazendo uma temporada daquelas. O injustiçado zagueiro do Chelsea cresceu sob o comando de Antonio Conte e certamente está entre os 5 melhores zagueiros da liga. No clássico contra o Liverpool, David Luiz marcou um belo gol de falta e foi bastante sólido na linha defensiva. A parceria com César Azpilicueta e Gary Cahill vem dando muito certo até aqui.

Zagueiro: Scott Dann (Crystal Palace)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Scott Dann é o típico zagueiro artilheiro. O defensor do Crystal Palace deixou a sua marca na partida contra o Bournemouth e se tornou o jogador da posição com mais gols na Premier League desde o início da última temporada (8). Se os atacantes não estão resolvendo… bola no Scott Dann pra solucionar o problema!

Lateral esquerdo: Andrew Robertson (Hull)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Devemos elogiar o sistema defensivo do Hull City como um todo. Os Tigers foram valentes contra o Manchester United, se fecharam, contaram com um dia inspiradíssimo do goleiro Jakupović e saíram de Old Trafford com um belo empate no placar. Robertson foi um dos destaques com 7 duelos ganhos, 2 desarmes e 1 interceptação.

Meia: Gylfi Sigurðsson (Swansea)

(Foto: Reprodução/Premier League)

O dono do Swansea figura mais uma vez em nossa seleção. Autor de 1 gol e 1 assistência contra o Southampton, Sigurðsson vem sendo espetacular nessas 23 rodadas disputadas, mesmo em meio a má fase do clube galês. O craque islandês participou de 55 gols de Premier League marcados pelo Swansea em sua carreira (32 tentos, 23 assists). É decisivo ou não o rapaz?

Meia: David Silva (Manchester City)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Ao lado de Kevin De Bruyne, David Silva orquestrou o meio de campo contra o West Ham, no Estádio Olímpico de Londres. O habilidoso meia espanhol marcou o segundo gol da partida, foi crucial na construção do jogo e presente na criatividade ofensiva.

Meia: Kevin De Bruyne (Manchester City)

(Foto: Reprodução/Premier League)

O maestro do Manchester City também se destacou. O líder de assistências da competição não anotou passes para gol, mas inaugurou o placar aos 17 minutos da primeira etapa. O meio-campista belga acertou 82% dos passes, acertou 7 lançamentos longos e foi incisivo como de costume.

Meia: N’Golo Kanté (Chelsea)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Kanté desarmou você e mais 57 pessoas! Brincadeiras à parte, é um absurdo o quanto N’Golo Kanté está jogando desde que chegou à Premier League. O volante foi peça fundamental para o título do Leicester na última temporada e vem repetindo as ótimas atuações com a camisa do Chelsea também. Contra o Liverpool, o francês efetuou incríveis 14 desarmes. Mais que o número total de desarmes dos Reds em toda a partida!

Atacante: Peter Crouch (Stoke)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Peter Crouch entra na seleção da rodada em grande estilo. O nosso querido centroavante de 2 metros e 1 centímetro de altura balançou as redes pela centésima vez na Premier League! Crouch recebeu belo passe de Arnautovic para, cara a cara com o goleiro, apenas escorar a pelota para o fundo dos gols. O tento, entretanto, não foi o suficiente para dar a vitória para o Stoke, que empatou em 1 a 1 com o Everton.

Atacante: Gabriel Jesus (Manchester City)

(Foto: Reprodução/Premier League)

O garoto tem estrela, viu. Logo em sua primeira partida como titular do Manchester City, Gabriel Jesus mostrou para o que veio. O atacante brasileiro de apenas 19 não se intimidou, jogou que nem gente grande, marcou um gol e distribuiu uma assistência. Uma noite inesquecível para o nosso brazuca!

Técnico: Walter Mazzarri (Watford)

(Foto: Reprodução/Premier League)

Lutando no topo da tabela, era quase inimaginável que o Arsenal sairia derrotado do jeito que foi pelo Watford. Mas Premier League é Premier League, né, meu povo? Aqui tem Bournemouth, Burnley, West Bromwich e não Las Palmas, Eibar, Alavés… enfim. Walter Mazzarri é sem sobra de dúvidas o nosso treinador da rodada. Os Hornets não se intimidaram, mandaram em boa parte do cotejo e saíram com importantíssimos três pontos de Londres.

Menções honrosas:

  • Eldin Jakupović (Hull);
  • Antonio Barragán (Middlesbrough);
  • Alfie Mawson (Swansea);
  • Aleksandar Kolarov (Manchester City);
  • Étienne Capoue (Watford);
  • Henderson (Liverpool);
  • Mousa Dembélé (Tottenham);
  • Christian Benteke (Crystal Palace);
  • Adama Traoré (Middlesbrough);
  • Pep Guardiola (Manchester City).

Contribuíram para a Seleção da Rodada #23 os colaboradores: Julio César Puiati, Leonardo Zacarin, Matheus Teodoro, Matheus Camargo, Paulo de Faria, Pedro Ramos, Rafael Camargo, Thiago Ienco e Vinícius Matheus.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY