por Rafael Brayan

Com o fim da temporada chegando, os torcedores se perguntam: valeu a pena o investimento nesse jogador? Após os times gastarem cerca de 5 bilhões de reais, alguns jogadores mostraram-se importantes para o desempenho do clube nas competições. Porém, há também aqueles que desapontaram seus clubes com más atuações, ou até apresentações que não condizem com o valor gasto.

Os times da Premier League gastaram mais que as outras grandes ligas juntas – R$5,04bi contra R$4,75bi. Se contabilizarmos apenas a principal contratação de cada um dos cinco grandes ingleses (Pogba, Mané, Xhaka, David Luiz e Gündogan), o número chega a superar os valores gastos pelos franceses na Ligue 1.

Veja uma lista dos seis melhores jogadores transferidos nesta temporada:

N’Golo Kanté

Getty Images

O volante francês do Chelsea vem sendo umas das maiores referências quando se fala de jogador em alto nível. Após ser campeão da Premier League pelo Leicester na temporada passada, o camisa 7 está muito perto de repetir o feito. Nesta edição, o jogador vem sendo peça-chave no time de Conte. Ele tem uma média na casa dos 85% no quesito de acerto de passes e é também o quarto jogador com mais desarmes na PL. N’Golo é o jogador com mais pontos conquistados desde que chegou à terra da rainha. O “Fator Kanté” é imprescindível para os Blues. Kanté não para!

 

Zlatan Ibrahimović

Getty Images

Que Zlatan é um dos melhores jogadores deste século não há quem duvide. Porém, aos 35 anos de idade, o sueco está na briga pela artilharia da Premier League. Como ele mesmo diz: “Eu sou como Benjamin Button, eu nasci velho e vou morrer jovem”.

Em 43 jogos, o atacante tem 28 gols e 10 assistências com a camisa dos Reds Devils, acoplado a 2 títulos – a Community Shield e a Copa da Liga. Ele está próximo da marca de 500 gols na carreira.

Além da importância dentro das quatro linhas, o craque é uma referência para os mais novos, como Rashford e Lingard.

 

Idrissa Gueye

Getty Images

Poucos conhecem Idrissa Gueye. Menos ainda sabem do seu talento. O senegalês tem 106 roubadas de bola na atual Premier League, superando o já citado N’golo Kanté.

Ele começou sua carreira profissional no Lille, onde conseguiu ser campeão nacional após 57 anos de seca. Sua chegada à Inglaterra foi na temporada passada ao Aston Villa, que teve como destino o rebaixamento à Championship. Porém, no começo desta temporada, Gueye se transferiu a Liverpool para jogar no Everton, custando cerca de 30 milhões de reais.

Nesta temporada, o volante vem protegendo umas das melhores defesas do campeonato, e ele já marcou um gol com a camisa dos Toffees.

 

Sadio Mané

Getty Images

Outro senegalês que vem fazendo sucesso nesta edição é o jogador do Liverpool Sadio Mané. Contratado do Southampton, o atacante vem sendo de ampla importância ao time de Jürgen Klopp, que anseia por um a vaga à Champions League.

Formando um dos melhores trios de ataque do mundo – junto aos brasileiros Coutinho e Firmino, nesta temporada, com 24 gols – ele vem sendo destaque, já que vem marcando mais gols e, quando não joga, o Liverpool sente mais sua falta. São 13 gols mais oito assistências em 29 jogos.

Os Reds vão sentir falta do jogador, pois ele está machucado e deve se ausentar até o fim desta temporada.

 

Marcos Alonso

Getty Images

Conte já provou que sabe montar um bom elenco sem muitas estrelas. Outra aposta dele é o espanhol Marcos Alonso. Formado na base do Real Madrid, o lateral-esquerdo sempre vivia temporadas medianas. Porém, somente na temporada passada, na Fiorentina, ele conseguiu se firmar. Pedido de Conte, teve sua chance porque o lateral-esquerdo oficial no começo da temporada seria o também espanhol Azpilicueta, que foi recuado à zagueiro no time dos Blues, e também porque o técnico italiano já vinha querendo o atleta em seu plantel desde que ele treinava a Juventus.

Nesta temporada, ele soma cinco gols e duas assistências, somando a um fator imprescindível que é a sua participação na transição defesa-ataque do time. A partida contra o Leicester foi a ascensão dele nos Blues – ele marcou duas vezes.

 

Victor Wanyama

Getty Images

Reconhecido, às vezes, por ser um volante “brucutu”, Victor Wanyama é um dos jogadores importantíssimos do Tottenham nesta temporada. O time vem brigando, mesmo longe, com o Chelsea pelo título, graças a sua defesa sólida que é protegida pelo queniano. É a defesa menos vazada nessa edição.

Formado no Leopards, time do seu país, o atleta tem na carreira Celtic e Southampton como principais times antes da chegada a Londres, por cerca de 15 milhões de euros.

Com o volante atuando, os Spurs perderam apenas seis dos 39 jogos disputados. Ele ainda marcou três gols na temporada e deu um passe para gol.

SHARE
Jornalista. Assessor de Comunicação do CEPID-CeMEAI e apaixonado pelo futebol.

LEAVE A REPLY