O começo de temporada era promissor. Após um recorde no mercado de verão – com gastos de aproximadamente 140 milhões de libras  – e uma estreia na Premier League com gol de ninguém menos do que Wayne Rooney, nem o o mais pessimista torcedor do Everton imaginaria tamanha situação.

Tudo bem que o futebol ainda não era dos melhores (levando em conta as atuações nos amistosos e nas classificatórias da Liga Europa) mas pensar que o time estaria na 18ª posição após 10 rodadas, tendo somado apenas oito pontos de 30 disputados, seria considerado uma loucura das mais grandes – isso sem contar as eliminações recentes na Carabao Cup e na Liga Europa.

Após desempenho horroroso, o holandês Ronald Koeman não resistiu e foi demitido. Desde então, as especulações em torno do novo treinador dos Toffees não param de aumentar. Listamos os nomes mais sondados até o momento e o que cada um acrescentaria ao time de Liverpool.

Carlo Ancelotti

Foto: EPA

Este seria certamente o preferido dos torcedores do Everton, apesar de ser o mais difícil também. Nada melhor do que um técnico renomado mundialmente, vencedor da UEFA Champions League por três vezes, para comandar um elenco caro e sem confiança.

No entanto, Ancelotti parece não estar interessado em trabalhar agora, visto que seu contrato com o Bayern de Munique expira apenas no final da temporada. Em entrevista para a Radio Anch’io lo Sport, ele afirmou: “Eu tenho tempo para assistir futebol agora, e eu estou procurando novas oportunidades, mas não neste momento”, ponderou o italiano.

Não é difícil entender o motivo pelo qual Ancelotti seria a melhor opção para o time de Liverpool neste momento. O seu currículo vencedor e a experiência futebolística o credenciam como um dos melhores técnicos do mundo atualmente, mesmo que o seu último trabalho tenha sido abaixo do esperado.

Sam Allardyce

Foto: Getty Images

Se fizermos uma pesquisa para descobrir quem são os técnicos mais experientes na Premier League, Sam Allardyce estará lá. O inglês de 63 anos teve como seu último trabalho o Crystal Palace, onde conseguiu manter o time na divisão de elite na temporada passada.

Allardyce também treinou a seleção inglesa recentemente, o que durou apenas 67 dias e uma única partida. Questionado sobre a possibilidade de assumir o Everton, ele afirmou: “Quem sabe? Eu teria que considerar isso, se essa ligação acontecer”.

Big Sam, como é popularmente conhecido, é um treinador acostumado a salvar as suas equipes do rebaixamento, o que seria útil para o Everton neste momento, muito embora o campeonato ainda esteja no início. Entretanto, com o maior gasto da história do clube numa janela de transferências, o torcedor azul não estará contente apenas com a permanência na Premier League.

LEIA MAIS:

Quanto custa patrocinar um clube da Premier League?
Fernandinho: mais que um primeiro volante
A Inglaterra vai brilhar na Europa novamente

Sean Dyche

Foto: Getty Images

Desde que assumiu o Burnley em 2012, Sean Dyche tem quebrado diversos recordes com os Clarets. Já foram dois acessos à Premier League neste período, e a temporada atual tem sido brilhante.

O Burnley atualmente ocupa a sétima colocação da liga, com 16 pontos. É o clube mais bem colocado depois do Big Six no momento. Ele já enfrentou o Chelsea, Tottenham, Liverpool e o próprio Everton, e não perdeu nenhuma dessas partidas.

Embora não tenha se pronunciado à respeito, Dyche é o mais provável para assumir o time neste momento. Esta seria a sua primeira oportunidade em um time com maiores ambições. Ninguém pode negar a sua brilhante campanha com o Burnley até aqui, no entanto a inexperiência em clubes com metas elevadas pode pesar para o treinador de 46 anos.

David Unsworth

Foto: Getty Images

Ex-jogador do clube, Unsworth fez um excelente trabalho no Everton sub-23, conquistando a Premier League da categoria na temporada passada. Após a demissão de Ronald Koeman, ele foi temporariamente escolhido como treinador do time principal, com a possibilidade de ser efetivado.

No entanto, nada mudou. Até aqui foram três jogos e três derrotas decepcionantes, sendo inclusive eliminado da Carabao Cup e da Liga Europa.

O treinador inglês certamente terá a sua última oportunidade neste domingo, onde enfrentará o Watford no Goodison Park. Falando sobre o jogo, ele disse: “O domingo é uma final de Copa para mim, vou fazer tudo o que puder para garantir que todos estejam preparados. Eu vou escolher um time para vencer a boa equipe do Watford, afirmou o comandante.

Mesmo que David conquiste a sua primeira vitória no domingo, dificilmente ele seguirá no comando do Everton, levando em consideração a alta procura do time de Liverpool por um treinador. O excelente trabalho com jogadores jovens o diferenciam, mas certamente é preciso algo a mais para se manter na equipe principal.

A novela em torno do próximo treinador dos Toffees deve acabar na próxima semana.

SHARE

Defensor assíduo do futebol inglês

LEAVE A REPLY