Difícil imaginar que um dois maiores vencedores da história do futebol mundial viria do País de Gales. São incríveis 35 títulos na carreira para o meia dono de uma canhota pra lá de afiada. Mas, hoje, não vamos falar exclusivamente de futebol. Vamos contar um outro lado de Ryan Joseph Giggs.

Veja mais:

Os melhores filmes sobre futebol inglês
Qual clube é o maior vencedor do Campeonato Inglês?
Qual clube é o maior vencedor da Copa da Inglaterra?

Fã de yoga

É cruel para um jogador perder um jogo importante do seu time por causa de uma lesão boba. Foi assim com Ryan Giggs, em 2001, contra o Bayern de Munique, em que o galês sentiu uma lesão muscular após realizar uma leve atividade física antes do jogo. Acabava ali mesmo a paciência de Giggs com seu condicionamento físico instável.

O galês decidiu interromper, de forma contundente, a série de incômodos e dores no corpo que vinha sentindo. Trocou o colchão da cama e comprou um novo carro com um banco confortável. Mas isso era pouco e não parecia que surtiria grande efeito. O que Giggs não esperava – e que viria a fazer parte importante da sua vida pessoal e profissional – era que a yoga seria a solução para os seus problemas.

Um dia antes da lesão que o tirou da partida contra a equipe alemã, uma professora de yoga havia iniciado aulas no centro de treinamento do Manchester United.

“A preparação física trouxe ela. Eu conversei com ela, falei sobre meus problemas e ela só disse: ‘ok, venha na próxima semana'”, disse Giggs.

Foi aí que tudo mudou na vida profissional de Ryan. Em pouco tempo, a yoga ajudou a melhorar o condicionamento físico do galês, que passou a jogar por mais tempo, ter menos lesões e se recuperar mais rápido das partidas.

Giggs levou a yoga tão a sério que lançou um DVD, em 2011, chamado “Giggs Fitness” ao lado de sua instrutora Sarah.

Traiu o irmão, tendo um caso com a cunhada

Indubitavelmente, o capítulo mais sombrio da vida de Ryan Giggs é este. Foram 8 anos de traição, dormindo com a esposa do seu irmão. Sim, Ryan Giggs tinha uma relação extraconjugal com a própria cunhada. Quando o caso foi descoberto e intensamente divulgado e discutido pela histérica e sensacionalista imprensa inglesa, o mundo da família Giggs sofreu um abalo gigantesco.

Seu irmão cortou relações logo de cara. Seu pai ficou inconformado e criticou-o publicamente:

“Eu não consigo ver os jogadores do Manchester United confiando nele depois do que ele fez com o seu irmão”, disse seu pai à época.

Natasha, cunhada de Ryan e esposa de Rhodri, ainda abortou um filho com o ex-jogador. Em 2016, cansada das traições e do comportamento infiel de Ryan, sua esposa Stacey pediu o divórcio.

Hoje, os dois casais estão separados e, segundo rumores da imprensa, Ryan e seu irmão parecem já ter começado uma reaproximação.

Embaixador da UNICEF

Para não achar que você está no site do Ego ou assistindo a um programa do Nelson Rubens, vamos para uma parte mais interessante. Em 2006, Ryan Giggs se tornou um embaixador da UNICEF, depois do seu trabalho pelo Manchester United chamado “United for UNICEF”, com as crianças da organização.

Giggs já visitou muitos projetos do órgão que ajuda a promover a defesa dos direitos das crianças em todo o mundo e tem contribuído bastante pela causa.

Já se reuniu com crianças refugiadas de Myanmar e participou de encontros com crianças infectadas com o vírus HIV. A discriminação de quem contraiu AIDS influencia negativamente a vida das pessoas em áreas mais afetadas.

“É triste ouvir as crianças escondendo a verdade sobre suas vidas por terem medo da discriminação da sociedade. Espero que, por estar aqui hoje, possamos ajudar em uma maior conscientização do público e de nossos torcedores sobre essa questão. A discriminação contra essas pessoas não pode mais acontecer”.

SHARE

Ex-Esporte Interativo, formado em Jornalismo e Sociologia e apaixonado pela Premier League.
Twitter: @pedrohnramos

LEAVE A REPLY