Todos sabem da história vitoriosa de José Mourinho à frente do Chelsea. Por isso, muitos duvidam que ele pudesse virar treinador do Manchester United, que vive uma longa má fase sob comando de Louis van Gaal. No entanto, o print aí em cima é de uma matéria do Telegraph de 2009 em que o português revela claramente o desejo de um dia comandar os Red Devils e ser o substituto de Sir Alex Ferguson.

À época, o técnico escocês beirava os 70 anos e já ensaiava sua despedida do futebol, e muito se especulou sobre quem seria seu sucessor. Questionado sobre o interesse no cargo, Mourinho foi categórico:

“Eu consideraria ir para o Manchester United, mas o clube tem que considerar se me quer para suceder o Ferguson. Se eles fizerem isso, sim, claro”.

O nome de Mourinho foi sim cogitado pela diretoria do clube, no entanto, a ligação com o Chelsea, o temperamento difícil e, principalmente, o fato de permanecer poucos anos nos times em que passou – o United queria um treinador para um longo período – pesaram na decisão de descartar o português. O clube acabou acertando com David Moyes, que foi técnico do Everton por 11 anos – olha aí -, mas a contratação logo se mostrou equivocada.

O escocês não conseguiu bons resultados logo de cara, “perdeu” o elenco e, consequentemente, a confiança de todos no clube. A direção acabou assinando com o experiente e vitorioso – e também muito polêmico – Louis van Gaal, que realizou um grande trabalho com a seleção holandesa na Copa do Mundo de 2014. No entanto, o fraco futebol apresentado, a irregularidade nas competições e o comportamento intempestivo com elenco e imprensa desgastaram a imagem do treinador, que não deve permanecer para a próxima temporada.

O Manchester United dormiu no ponto e viu o ótimo Jürgen Klopp ir para o Liverpool e o mais que vitorioso Pep Guardiola acertar com o rival Manchester City. As opções atualmente no mercado não são tão boas e o clube ainda tem um “concorrente”, já que o Chelsea está oficialmente em busca de um treinador para a temporada.

Com tantas polêmicas dentro e fora de campo, o controverso José Mourinho não é o técnico ideal para o Manchester United. De fato, o treinador português acumulou títulos nacionais e internacionais por onde passou e o seu currículo fala por si só. No entanto, o português está longe de ter o perfil ideal para o cargo dos Red Devils.

Mauricio Pochettino (Tottenham) e o ídolo-assistente técnico Ryan Giggs, além de outros técnicos como Diego Simeone e Carlo Ancelotti, também tiveram seus nomes especulados para substituir van Gaal e parecem opções mais interessantes do que Mourinho.

SHARE
Ex-Esporte Interativo, formado em Jornalismo e Sociologia e apaixonado pela Premier League. Twitter: @pedrohnramos

LEAVE A REPLY