José Mourinho press conference Manchester United

No dia 20 de fevereiro de 2016, eu havia escrito que José Mourinho não se encaixava no perfil adequado para comandar o Manchester United. Não é uma questão de não gostar da sua proposta de jogo reativa e sua obsessão em provocar o técnico adversário. Mourinho é dos treinadores atuais com o currículo mais vitorioso e se consagra como um grande estrategista.

No entanto, saber vencer era algo esperado pela torcida do Manchester United. A verdade é que – aqui recai uma crítica construtiva – o United pode apresentar resultados – e um futebol – melhor que desempenhou na temporada. Mourinho tem em mãos jogadores do nível de Pogba, De Gea e Ibrahimovic, mas comanda um time sem brilho, sem empolgação.

Veja mais:

Os melhores filmes sobre futebol inglês
Qual clube é o maior vencedor do Campeonato Inglês?
Qual clube é o maior vencedor da Copa da Inglaterra?

Quando chegou ao Manchester United, José Mourinho enalteceu a grandeza do clube e disse estar ciente e preparado dos desafios que encontraria em sua nova casa.

CONHEÇO A RESPONSABILIDADE E A EXPECTATIVA. AO MESMO TEMPO, CONHEÇO O LEGADO. SEI O QUE ESTÁ ATRÁS DE MIM. SEI O QUE A HISTÓRIA DIZ E O QUE OS TORCEDORES ESPERAM DE MIM. O DESAFIO NÃO ME DEIXA NERVOSO PORQUE MINHA HISTÓRIA FOI A DE SEMPRE CONVIVER COM AS EXPECTATIVAS DOS GRANDES CLUBES.

Mas, até aqui, o Manchester United é a equipe que mais empatou na Premier League (14) e a que menos perdeu (3) ao lado do Tottenham, além de ter só o 7º melhor ataque da competição. São 51 gols marcados, 22 a menos que o Chelsea, líder no quesito. Uma análise rasa e recheada de pré-conceitos diria que Mourinho é “retranqueiro”, mas isso é apenas o estereótipo que ronda o treinador.

O departamento médico cheio atrapalha os planos, é verdade, mas não esconde o futebol pragmático apresentado até aqui. Os erros nas escalações e substituições, além da insistência em Fellaini, são escolhas complicadas de aceitar.

O título da Copa da Liga Inglesa, conquistado sobre o Southampton, é muito pouco para um clube acostumado a grandes conquistas. Depois de vencer o Celta de Vigo por 1 a 0, fora de casa, pelas semifinais da Liga Europa, o United largou na frente por uma vaga na decisão. Um possível troféu – que o clube ainda não tem – poderia amenizar as críticas ao seu trabalho, mas a verdade é que esse time pode mais.

SHARE
Ex-redator do Esporte Interativo, formado em Jornalismo e Sociologia e apaixonado pela Premier League. Twitter: @pedrohnramos

1 COMMENT

  1. Realmente o United de José Mourinho possuí suas falhas, mas não é por isso que deve ser criticado. O Manchester por mais que seja um clube de grandes títulos, passou por uma crise após Fergusson se aposentar, e está passando por um processo de reconstrução tentando reecontrar seu futebol. Mourinho acabou de assumir o comando dos red devils, e está adaptando o time ao seu jogo, e atinge excelentes números em comparação as temporadas pós- Fergusson. Assim como Jürgen Klopp está tomando a frente ao recuperar o futebol do Liverpool, o José também toma a frente em fazer o mesmo para o United, e sem dúvidas é um processo que leva tempo.

LEAVE A REPLY