Unal
Enes Unal marcou 12 gols na Eredivisie 2016/17 (Foto: Reprodução/Site Oficial/Twente)

Freddy Adu, Giovani dos Santos: o mundo do futebol está cheio de promessas que atraíram muita atenção, criando expectativas que agora rondam Enes Unal. Você provavelmente nem lembrava que este turco de 19 anos pertence ao Manchester City, muito menos que foi emprestado ao Twente para disputar a Eredivisie 2016/17.

VEJA TAMBÉM:
Conheça a história de “You’ll Never Walk Alone”
Quem será o substituto de Wenger?
‘Pep é um grande treinador’, elogia Gabriel Jesus
Gilberto Silva acredita que Wenger estará preparado quando tiver que deixar o Arsenal

Acontece que Unal não só se firmou como titular, como faz uma temporada de respeito. Marcou 14 gols e deu três assistências em jogos por todas as competições. Ao marcar seu 12º gol no campeonato contra o Willem II Tilburg no início do mês, Unal ultrapassou Colin Kazim-Richards (sim, o próprio) como o maior artilheiro turco na história da elite dos Países Baixos.

Apontado como uma das maiores promessas turcas desde Arda Turan, Unal figurou na lista das 40 promessas mundiais selecionadas pelo The Guardian em 2014. Tudo começou depois de impressionantes 182 gols em 110 jogos pela equipe reserva do Bursaspor, sem contar os 24 em 25 jogos pelo sub-16 da Turquia. Olheiros do mundo todo viajaram para Bursa pra tentar entender tal fenômeno.

Em 2013, Unal chegou ao elenco principal do Bursaspor e em agosto daquele ano, tornou-se o mais jovem a marcar na Super Lig, logo contra o gigante local Galatasaray. O Manchester City correu para contratá-lo e não quis deixá-lo jogando entre os reservas. Tratou de emprestá-lo para clubes de campeonatos tradicionais, porém secundários no calendário europeu, como o holandês (NAC Breda) e o belga (Genk). Por quê?

Encubadora de craques

A Eredivisie tem sido vista como uma “encubadora” para o futebol europeu ocidental, algo que deu muito certo no passado com Ronaldo e Romário (PSV) e Zlatan Ibrahimovic (Ajax). O problema é que ser artilheiro na Holanda nem sempre é um sinal de qualidade, como revelou o destino depois que Jozy Altidore, Vincent Janssen e Afonso Alves saíram da Holanda.

O que pode ajudar Unal é o repertório: gols com a perna esquerda, direita, dentro e fora da área, de cabeça e até de cobranças de falta. Na sexta-feira, conquistou sua quarta aparição pela seleção turca principal ao substituir o artilheiro do Besiktas, Cenk Tosun, na vitória por 2 a 0 sobre a Finlândia.

Unal
Unal tem quatro aparições na seleção turca principal (Foto: Reprodução/Site Oficial/Twente)

O garoto merece uma chance no elenco do City pra disputar vaga com Sergio Aguero, Gabriel Jesus e Kelechi Iheanacho? Ou ainda falta ao cancha ao garoto? Opine!

TEXTO COM INFORMAÇÕES DE EMRE SARIGUL, PARA O THE GUARDIAN

VEJA TAMBÉM:
Liverpool x Milan: o jogo em que a torcida demonstrou sua importância
O indefinido futuro de Joe Hart
Bobby Charlton: o jogador que driblou a morte
Dicionário do futebol inglês: traduzimos 40 expressões para você entender melhor

SHARE
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e apaixonado por futebol - especialmente o inglês. Co-administrador do site Premier League Brasil

LEAVE A REPLY