“O futebol não é a coisa mais importante do mundo, mas em alguns momentos adoramos pensar que é.” É com esse pensamento que Jurgen Klopp está se preparando para o clássico de amanhã, em Anfield, às 8h30 da manhã no horário de Brasília.

O Everton não vence o Liverpool na casa do rival desde 1999. Este desempenho pífio em confrontos diretos, aliado a uma série de decepções proporcionadas pelos Toffes nas últimas temporadas, fez a rivalidade entre as equipes ser reduzida dentro da Inglaterra. Para muitos, o Merseyside Derby não é o maior clássico do país. Inclusive, para alguns torcedores do Liverpool, o Everton deixou até de ser o maior rival dos Reds e passou esse cargo ao Manchester United.

Veja mais:
Viaje neste mapa pelas cidades e estádios da Premier League!
Por que um bombardeio em Manchester fez com que United e City dividissem o mesmo estádio?
10 jogadores que passaram pelo Liverpool e você talvez nem saiba

Getty Images

Mas esta não parece ser a opinião de Jurgen Klopp. “Não há muitas outras cidades ao redor do mundo com dois clubes deste tamanho e importância.”
O grande momento de empolgação do treinador com o clássico veio depois: “O mundo para por 90 minutos na cidade.”

Além da empolgação, o “Normal One” ainda mostrou que confia no seu taco. O alemão, desde que chegou ao Liverpool, venceu todos os clássicos contra o Everton.
“Acho que não sou hábil em muitas partes da vida, mas talvez eu seja um gênio na compreensão dos derbies, porque eu não precisava de um segundo para entender isso.”

Klopp Liverpool
Getty Images

É claro que um Gentleman como Jurgen Klopp jamais deixaria de elogiar seu oponente. Ele deu moral ao atacante Romelu Lukaku e falou muito bem da organização do time do Everton.
“Lukaku é um grande atacante. Ele tem o nosso respeito. Ele precisa de passes, o apoio de outros jogadores. Como podemos evitar isso? Minha principal preocupação.”

Inclusive, Lukaku não deve assinar um novo contrato com o Everton, o que levantou perguntas sobre o destino do atacante. Ele trocaria os Toffes pelos Reds? Segundo Klopp, não, porque ele é do Everton.
“Nunca pensei em jogadores de outras equipes que não possamos alcançar, ele é do Everton.”

Getty Images

Mas, é claro, Klopp não perdeu a confiança e a empolgação.
“Mas nós somos o Liverpool, jogamos em Anfield e ninguém deve subestimar o poder de Anfield “.

LEAVE A REPLY