Jonjo Shelvey é demais!!!!! (Reprodução/Getty)

Após o acesso na temporada passada, o Newcastle espera apenas uma temporada sólida e sem sustos para permanecer na divisão de elite inglesa. E para alcançar seu objetivo, o time do norte da Inglaterra trouxe alguns reforços, sendo os mais importantes o ponteiro Atsu, ex-Chelsea; o centroavante Joselu, que estava no Stoke City e Mikel Merino, um menino de 21 anos que chegou por empréstimo do Borussia Dortmund.

O time de Rafa Benítez começou perdendo dois jogos consecutivos, mas em seguida mostrou reação. E agora, depois de dez rodadas, ocupa a nona posição com 14 pontos na competição: 6 pontos a frente da zona de rebaixamento e a 5 pontos do Chelsea, que está em quarto lugar e último na zona de classificação para a Champions League.

Leia mais:

Como explicar a revolução no Tottenham?
Os 10 melhores batedores de pênalti da Premier League!
Os 10 jogadores mais valiosos da Premier League no Football Manager 2018

O estádio St. James’ Park é um grande aliado do time para essa temporada. Já que, em casa, conquistou 10 dos seus 14 pontos no campeonato. Em 5 partidas, a equipe teve 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Entretanto, o empate foi contra o Liverpool e a derrota para os Spurs, equipes que tem um orçamento muito maior e entraram para disputar o titulo da competição.

Em contrapartida, fora de casa o rendimento é fraco. Em 5 jogos possui apenas 4 pontos: 1 vitória contra Swansea – ótima por ser um confronto direto na briga contra o rebaixamento- 1 empate e 3 derrotas.

Os destaques da equipe são o zagueiro e capitão Lascelles, que jogou todos os jogos e marcou dois gols, junto de Joselu, um dos artilheiros do Newcastle, que se destaca pela força física e pela vontade na marcação. O garoto Mikel Merino que vem atuando muito bem no meio de campo é outra peça fundamental, tanto que sua cláusula de compra foi ativada e o jogador foi contratado de forma definitiva por 6,5 milhões de libras, em um contrato de cinco anos. No ataque, Atsu chama atenção por sua velocidade, uma vez que pelo lado esquerdo traz muito perigo aos seus adversários.

Os The Magpies tem um elenco limitado e muitas vezes há dificuldade na criação de jogadas, principalmente quando propõe o jogo. Porém, compensa na alta velocidade de contra-ataque e na vontade dos jogadores.

Portanto, para permanecer na Premier League o time precisa manter o bom desempenho em casa, onde é concentrada a força da equipe do norte da Inglaterra. Além disso, é necessário melhorar fora de seus domínios para conseguir sem sofrimento o seu objetivo da temporada.

LEAVE A REPLY