Kane
Harry Kane (primeiro esq. para direita) mede forças com a defesa do atual bicampeão europeu (Foto: Reprodução/Twitter Oficial/Tottenham Hotspur)

Harry Kane é um jogador completo”. Se você é deste planeta, por certo já deve ter pensado isso em algum momento – ao menos em 2017, já que só neste ano, o atacante marcou 43 gols em 38 jogos pelo Tottenham Hotspur e seleção inglesa.

VEJA TAMBÉM:
Kevin de Bruyne: a máquina de passes
Por que os técnicos holandeses não se dão bem na Premier League?
O maior artilheiro de cada continente na Premier League

O que parece um elogio trivial foi, na verdade, uma análise sincera de Zinedine Zidane em entrevista coletiva que antecede o duelo entre Spurs e Real Madrid nesta terça-feira (17), no Santiago Bernabéu. Ambos estão empatados com seis pontos na liderança do Grupo H.

“Ele é bom em tudo e está sempre pensando em balançar as redes em tudo que ele faz”, analisou Zidane. “Ele é um jogador completo. Não parecia ser [num primeiro momento], mas de fato, ele é completo”.

Faro de gols na Champions

Com 15 gols nos últimos 11 jogos que disputou, Kane tem cinco tentos nas duas primeiras partidas desta Liga dos Campeões, contra Borussia Dortmund e Apoel Nicosia. Na semana passada, soube que está entre os 30 finalistas do Ballon d’Or 2017 da Fifa.

Questionado se o Madrid está monitorando a evolução de Kane para eventualmente contratá-lo, Zidane se esquivou. Preferiu analisar que os riscos de enfrentar o Tottenham vão além de Kane:

“Eu não sei o que vai acontecer no futuro. Mas no presente, o que ele está jogando o faz dele um jogador muito importante, fundamental. Sabemos que é um jogador muito bom e as coisas estão indo bem pra ele, mas o Tottenham não é só o Kane. Eles formam um bom time e vamos nos preparar muito bem pra este jogo”, completou Zidane.

SHARE

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e apaixonado por futebol – especialmente o inglês. Co-administrador do site Premier League Brasil

LEAVE A REPLY