O West Bromwich chega credenciado por uma excelente Premier League na temporada passada. Após manter-se boa parte da liga atrás apenas do Big Seven, os comandados de Tony Pulis encerraram na 10ª posição: a melhor colocação nos últimos quatro anos. A consistência e a experiência do time fizeram a diferença. Os Baggies tiveram o menor número de mudanças entre os titulares do que qualquer outro time do campeonato (49), e a média de idade do elenco é superior a qualquer dos 19 clubes (29 anos e 322 dias).

Confira o guia COMPLETO de cada time da Premier League!

Desde que assumiu a equipe de West Midlands, Tony Pulis tem trazido o time a um patamar mais elevado. E olha… há quem diga que a vida dos Baggies sem Pulis seria mais difícil. Para esta temporada, o manager galês pode aproveitar a preocupação dos times do topo com as ligas europeias e realizar mais uma ótima campanha na elite inglesa.

Jay Rodriguez voltará a atuar bem? (Foto: Divulgação/West Brom)

Muito desse desempenho esperado deve passar pelos pés de Jay Rodriguez. Maior contratação do time nesta janela (£12 milhões) o atacante não vive uma boa fase desde 2013/14, período no qual marcou 15 gols na Premier League. Recuperado totalmente das lesões anteriores, Rodriguez dividirá principalmente a responsabilidade de colocar a bola na rede com Salomón Rondón, que foi o artilheiro dos Baggies na temporada passada, com oito gols marcados.

A base da equipe está basicamente intacta. Além de Rondón, o West Bromwich também contará com as permanências do meia Matt Phillips, do volante Claudio Yacob e do goleiro Ben Foster. Os atletas contribuíram com 8 assistências, 94 roubadas de bola e 115 defesas difíceis, respectivamente, ao longo da edição passada. Phillips, Yacob e Foster figuraram entre os 10 melhores de cada quesito e decerto serão importantíssimos, mais uma vez, para o sistema de jogo de Pulis.

Pulis tem a seu favor uma equipe bem treinada e aplicada taticamente. Mas precisa de reforços mais pontuais para alçar voos maiores dentro do país e também na Europa.

VEM

Jay Rodríguez (Southampton, £12m), Yuning Zhang (Vitesse Arnhem, não revelado) e Ahmed Hegazy (Al Ahly, empréstimo).

VAI

Craig Gardner (Birmingham City, não revelado), Darren Fletcher (Stoke City, free-agent), Sebastien Pocognoli (Standard Liège, free-agent), Yuning Zhang (Werder Bremen, empréstimo), Jack Rose (dispensado) e Jack Fitzwater (Forest Green Rovers, empréstimo).

AMISTOSOS

  • 12/Julho: Slavia Praga (fora) 2-1;
  • 19/Julho: Leicester City (fora) 1-1;
  • 22/Julho: Crystal Palace (fora) 2-0;
  • 26/Julho: Burton Albion (fora) 0-1;
  • 26/Julho: Walsall (fora) 1-2;
  • 29/Julho: Slough Town (fora) 2-1;
  • 29/Julho: Bristol Rovers (fora) 2-1;
  • 01/Agosto: Port Vale (fora) 1-1;
  • 05/Agosto: La Coruña (fora) 2-0.

TIME-BASE

  • Foster; Nyom, Dawson, Hegazy e Brunt; Chadli, Evans, Livermore; Phillips, Rodriguez, Rondón.

PALPITES

  • Matheus Santana (PL Brasil): meio de tabela.
  • Rodrigo Bueno (FOX Sports): meio de tabela.

Veja mais:
QUIZ: você sabe quem são os jogadores pelas fotos de infância?
Os uniformes mais feios (e esquisitos) da era Premier League

 

LEAVE A REPLY