Os Red Devils nos deixaram surpreendidos na temporada passada. Há quem diria que o time brigaria diretamente pelo título da Premier League graças às chegadas de reforços de peso como Zlatan Ibrahimovic e Paul Pogba. No entanto, a equipe treinada pelo técnico José Mourinho acabou amargando apenas umas sexta colocação no campeonato.

Confira o guia COMPLETO de cada time da Premier League!

Por outro lado, o Manchester United sagrou-se campeão da Liga Europa em cima do Ajax por 2 a 0. Foi a primeira vez que os Diabos Vermelhos levantaram a taça da segunda competição de clubes mais importante do Velho Continente. Assim, o título e a classificação direta para a Champions League livraram a gestão do clube de um fracasso eminente. Entretanto, para um time rodeado de estrelas milionárias, é claro que as aspirações deveriam ser maiores.

O grande investimento dos Red Devils na pré-temporada ficou por conta da chegada do excelente atacante Romelu Lukaku, ex-Everton. Os vermelhos de Manchester abriram os cofres mais uma vez e desembolsaram a incrível quantia de £75m para contar com o futebol do centroavante belga. Com a possível saída de Ibrahimovic, a diretoria acredita que Lukaku deve conseguir suprir as lacunas deixadas pelo craque sueco no comando do ataque.

Rashford e Lukaku comemorando um dos gols na vitória sobre o Manchester City, pela Champions Cup (Foto: Manchester United)

A janela de transferências também contou com um triste adeus. Após várias temporadas com Wayne Rooney no elenco – um dos maiores jogadores da história do clube – os torcedores de Manchester finalmente se despediram de seu grande camisa 10. O atacante de 31 anos, que já não vinha apresentando um bom futebol em Old Trafford nas últimas temporadas, retornou para o time que o revelou para o mundo: o Everton. Rooney, no entanto, sai com a sensação de dever cumprido: foram 13 anos de serviços ao clube, 5 Premier Leagues, 3 Copas da Liga Inglesa, 1 Copa da Inglaterra, 1 Champions League e 1 Liga Europa. Currículo vasto!

Mourinho deve manter a base e o esquema utilizados no final da temporada 16/17. A tendência é que a dupla de zaga seja mantida. Chris Smalling e Eric Bailly saem na frente graças à química desenvolvida durante boa parte da última campanha. Victor Lindelöf, portanto, terá de mostrar trabalho para conseguir um espaço na equipe titular. Contratado por £31m junto ao Benfica, o jovem zagueiro de 23 anos tem tudo para desenvolver o seu jogo e se adaptar ao futebol inglês.

Já no meio de campo, a chegada de Nemanja Matic trará mais liberdade à Paul Pogba. O volante sérvio ex-Chelsea decerto formará uma sólida dupla de volantes com Ander Herrera (líder de tackles e passes completados da equipe na última Premier League). Pogba, portanto, atuará muito mais como meio-campista ofensivo do que defensivo, posição na qual se destacou com a camisa da Juventus.

Na temporada 16/17, Mourinho por muitas vezes adotou o esquema 4-3-3 com variações de 4-2-3-1 e 4-1-4-1 em diversas situações de jogo. Podemos esperar o mesmo na edição 2017/18 que começa nesta sexta-feira. A tendência é que a equipe do treinador português se apresente de forma mais equilibrada e constante com a chegada de reforços pontuais. Com um plantel muito bom à disposição, pode ser que após alguns anos de turbulências o time de Manchester possa realmente brigar pelo título da Premier League novamente.

VEM

Romelu Lukaku (Everton, £75m), Nemanja Matic (Chelsea, £40m), Victor Lindelof (Benfica, £31m), Andreas Pereira (Granada, fim de empréstimo) e Guillermo Varela (Eintracht Frankfurt, fim de empréstimo).

VAI

Wayne Rooney (Everton, free-agent), Adnan Januzaj (Real Sociedad, £9.8m), Josh Harrop (Preston North End, não revelado), Regan Poole (Northampton Town, empréstimo),  Dean Henderson (Shrewsbury Town, empréstimo), Sam Johnstone (Aston Villa, empréstimo), Devonte Redmond (Scunthorpe United, empréstimo), Timothy Fosu-Mensah (Crystal Palace, empréstimo) e Cameron Borthwick-Jackson (Leeds United, empréstimo).

AMISTOSOS

  • 15/Julho: LA Galaxy (fora) 2-5;
  • 17/Julho: Real Salt Lake (fora) 1-2;
  • 20/Julho: Manchester City (fora) 0-2;
  • 23/Julho: Real Madrid (fora) 1-1;
  • 26/Julho: Barcelona (fora) 1-0;
  • 30/Julho: Valerenga (fora) 0-3;
  • 02/Agosto: Sampdoria (casa) 2-1.

TIME-BASE

  • de Gea; Valencia, Smalling, Bailly, Darmian; Herrera, Matic, Pogba; Mkhitaryan, Lukaku, Martial (Rashford).

PALPITES

  • Rafael Camargo (PL Brasil): briga pelo título.
  • Rafael Oliveira (ESPN): briga pelo título.

Veja mais:
Duelo de duplas de meias defensivos da PL: Man. Utd x Man. City
O bombardeio que fez United e City dividirem o mesmo estádio

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY